É o resultado de uma inflamação da conjuntiva do olho, após o contato com alérgenos. É geralmente associada com rinite alérgica (sazonal ou perene), de modo que os sintomas nasais e oculares aparecem e desaparecem ao mesmo tempo, de acordo com a natureza do alérgeno envolvido.

Os sintomas incluem comichão, vermelhidão e lacrimejamento, muitas vezes acompanhados de inchaço da área periorbital. Às vezes, a conjuntiva da pálpebra tem uma aparência papilar. Não afeta a visão.

O diagnóstico também é baseado em uma história clínica, testes cutâneos e por vezes específicos no soro a IgE (PAC). Testes de provocação podem ser feitos especificados por estimulação direta da conjuntiva com concentrações diferentes de alérgenos.

Para mais informações, sugerimos a leitura do artigo “O que são Alguns Tipos e Quais os Sintomas da Conjuntivite”.