Não existe a menor dúvida de que o clima influencia e determina os nossos hábitos alimentares.
Se alguma coisa distingue o inverno é a falta de alimentos frescos, o frio mata quase tudo e, portanto, é mais provável que compremos alimentos congelados ou que podem ser armazenados como algumas sementes, grãos de amido e outros.

Entretanto, além de sopas quentes e guisados e sim, existem outros que são frescos e irão nos ajudar muito, tanto o nosso humor, nosso sistema imunológico e nosso bem-estar geral.

Mandarins

  • Existe uma forte relação entre tangerinas e laranjas, e não apenas a cor ou forma, mas seus componentes são similares. Este tipo de frutas, ajudam a reduzir o peso, são uma rica fonte de vitamina C. Uma das principais funções da vitamina C é a estimulação do sistema imunológico, assim como beta-caroteno, que também está em abundância na fruta. Por outro lado, são pobres em sódio, desprovidas de gordura e colesterol. Um detalhe: Para obter os segmentos de fibra deve-se comer de tudo como o “bagaço” que é uma grande fonte de fibra que, finalmente, contribui para a nossa saúde intestinal.

Leeks

  • Seu sabor é muito menos agressivo do que a cebola e o alho. Assim como as tangerinas, são uma grande fonte de vitamina C, mas também são bons reservatórios de vitamina B6, ferro e ácido fólico. A grande quantidade de flavonoides e antioxidantes são refletidos na qualidade de nossa pele, porque se torna mais suave e leva muito mais tempo para refletir a passagem do tempo através das rugas.

Aipo

  • Aipo não é apenas baixo em calorias, é também uma excelente fonte de fibra que ajuda a digerir os alimentos pesados do inverno. Por outro lado, suas propriedades de limpeza nos ajudam a permanecer no peso, enquanto você acompanha uma boa dieta. Diminui o colesterol, ajuda a eliminar o ácido úrico e atua como sedativo e calmante.