Definição

O colesterol pode ser definido como um álcool, que é parte de toda a gordura em seres humanos e animais.

O problema do colesterol, se dá quando os níveis na corrente sanguínea aumentam, causando a hipercolesterolemia. Isso também pode ajudar a desenvolver arteriosclerose.

Arteriosclerose

Nesta doença o colesterol geralmente é depositado e colado nas paredes das artérias, reduzindo gradualmente o seu diâmetro e impedindo o fluxo normal de sangue.

Nem tudo é mau no colesterol

Segundo especialistas o colesterol tem seus lados positivos e negativos. E não devemos culpá-lo de uma das principais causas de morte nos países ocidentais, como a temida arteriosclerose, ou seja, o bloqueio das artérias por substâncias lipoides.

Na opinião de vários especialistas sobre o tema, em muitos casos, uma alta percentagem de colesterol não acarretará algum perigo especial de doenças cardiovasculares. Algumas teorias explicam afirmando que o colesterol, que pode causar problemas não é aquele que circula pelos vasos sanguíneos, mas sim aquele que é fixado na parede das artérias e, portanto, produz arteriosclerose.

Portanto, existe um colesterol “bom” e um colesterol “ruim”.

O primeiro é como um agente transportador para o fígado e ali purificado. Portanto, é sempre, essencial aumentar esses agentes transportadores.

Como?

Curiosamente, após a realização de vários experimentos, se chegou à conclusão, publicada em alguns meios de comunicação que no álcool esses agentes são mais numerosos.

O consumo moderado (de um ou dois copos por dia) poderia acompanhar uma diminuição do número de ataques de coração, embora o álcool possa aumentar a mortalidade por outras causas. Na alimentação é permitido comer em maior quantidade, especialmente bananas e abacates.