O azeite de oliva tem muitas propriedades que são benéficas para a saúde, tanto no cuidado externo do corpo como no interior. Contamos-te.

O azeite de oliva faz parte da dieta mediterrânica como um dos ingredientes chaves de cada um dos pratos. Provavelmente você já ouviu muitas vezes que deve consumir pouco de azeite de oliva, porque é gordura, mas raramente vai ouvir todos os benefícios do seu consumo.

Reduz o risco de doenças:

  • Para se ter uma idéia, foi recentemente descoberto que o azeite de oliva extra-virgem reduz em até 66% o risco de problemas circulatórios nas extremidades.
  • Por sua vez, com a manutenção de uma dieta mediterrânea é possível reduzir o risco de doenças cardiovasculares, tais como a diabetes, acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco, em até 30%.
  • Também foi falado que o consumo de azeite de oliva e todas as propriedades que fornece (vitaminas E e K, antioxidantes, etc.) poderiam fazer com que se reduzissem as probabilidades de sofrer de Alzheimer.
  • Regula o nível de colesterol. O azeite de oliva contém ácidos graxos monos-insaturados, com os quais é possível regular o nível de colesterol no sangue, já que estes reduzem os níveis de LDL. Além disso, os fitos esteróis que contêm o azeite aumentam o nível de HDL, que ajuda a equilibrar o colesterol.

Benefícios externos do azeite de oliva:

Se aplicarmos o azeite de oliva sobre a pele podemos observar como esta se hidrata e, por sua vez, tem sido falado que o azeite de oliva retarda o envelhecimento da pele, já que contém polifenóis (um antioxidante natural) e protege dos radicais livres.

Previne a osteoporose: A osteoporose é uma doença que afeta os ossos e o azeite de oliva tem a propriedade de impedir a perda de densidade óssea, reduzindo a possibilidade de osteoporose.

Controla a hipertensão: O azeite de oliva é composto por polifenóis e ácido oléico que podem ajudar a controlar o estresse, tanto da pressão sistólica como da diastólica. Se ao consumo de azeite de oliva adicionarmos uma dieta rica em frutas e vegetais, estaremos ajudando o nosso organismo a combater a hipertensão.

O azeite de oliva contra a dor: Alguns estudos realizados nos Estados Unidos e na Espanha afirmam que o azeite de oliva tem a capacidade de reduzir o grau de dor, já que inibe a atividade de enzimas COX, um composto encontrado em analgésicos.