A vitamina K é uma vitamina, que é necessária para a modificação de proteínas e coagulação do sangue, e pode também desempenhar um papel importante no tratamento da osteoporose, doença de Alzheimer, níveis elevados de dietéticos, a vitamina K pode ajudar também a proteger contra câncer e doenças cardiovasculares.

Não há risco de toxicidade, exceto se você estiver tomando uma medicação para prevenir coágulos sanguíneos.

As necessidades diárias de vitamina K são:

Bebês:

  • 0 a 6 meses: 2,0 microgramas por dia
  • 7 a 12 meses: 2,5 microgramas por dia

Crianças:

  • 1 a 3 anos de idade: 30 microgramas por dia
  • 4 a 8 anos: 55 microgramas por dia
  • 9 a 13 anos: 60 microgramas por dia

Adolescentes:

  • Meninos e meninas com idade entre 14 a 18 anos: 75 microgramas por dia

Adultos:

  • Mulheres com 19 anos: 90 microgramas por dia
  • Homens 19 anos: 120 microgramas por dia

Alimentos ricos em vitamina K são:

  • Frutas: açaí, banana, limão, fruto do conde, kiwi, abacate, ameixa seca, figo, amora silvestre e as uvas
  • Legumes: Alfafa, beterraba, couve de bruxelas, couve, repolho, acelga, algas, espinafre, aspargos, brócolis, dente de leão, escarola, alface e cebola.
  • Especiarias: aipo, coentro, manjericão, orégano, manjerona, sálvia, salsa e tomilho.
  • Outros: pão, especialmente o miolo, óleos de peixe, iogurte de soja, fígado, chá verde, ameixas.

São raras as deficiências de vitamina K, mas bastante comum em recém-nascidos, pessoas com distúrbios intestinais e aqueles que tomam antibióticos a longo prazo, então nesses casos, requerem suplementos de vitamina K .

benefícios da vitamina K

Entre os benefícios da vitamina K, temos que destacar que é essencial para a coagulação sanguínea adequada, e fundamental para manter os vasos sanguíneos flexíveis e saudáveis​​, assim como regular o desenvolvimento ósseo adequado.

A melhor maneira de absorver vitaminas e minerais do alimento fresco, é a partir de matérias de primas. As saladas e frutas frescas são as fontes mais ricas. Quando o alimento é cozido lentamente, se perdem benefícios para a saúde porque se rompem os enlaces químicos e no cozimento das verduras se destroem os nutrientes.