Perda da vontade de viver. Este é o caso de anorexia.

Em entrevista o Dr.roberto de Castro da OMS (Organização Mundial de Saúde) afirmou que até o ano 2015 as principais doenças estarão relacionadas com a psique humana. Este é o caso da anorexia, uma doença psicológica. Atinge principalmente mulheres entre 14 e 18 anos, adolescentes, a fase mais vulnerável do ser humano. Embora devamos esclarecer que esta doença pode atacar em qualquer idade.

Outra coisa muito importante é o perfil dessas pessoas. A anorexia tende a ser um modelo de pessoas perfeccionistas, bons alunos, nível intelectual elevado e classe média alta.Outra característica comum é a de uma casa onde os pais são divorciados e/ou há um ambiente super-protetor. Se olharmos para trás, são fatores que afetam a psicologia.

Existem outros casos específicos de anorexia: anorexia nervosa, idosos, pessoas de trinta – quarenta anos, e assim por diante. Nós não iremos discutir agora.

Acredito que somos uma sociedade mais protecionista, vazia e oca. Essas meninas são magras, são aceitas na sociedade, porque a magreza é vista como o cartão de visita de homens e mulheres que querem ter sucesso ou serem aceitos socialmente e profissionalmente.

Concordo que devemos cuidar destes casos e detê-los. Na Espanha: uma em cada cem adolescentes apresenta sintomas de anorexia. Eu entendo que nós não precisamos de muito para sobreviver além de: alimento e abrigo. Este é o paradoxo dos países ricos problemáticos “porque tem tudo”.

Eu entendo que alguém morre de fome porque não têm comida, mas que alguém morre de fome porque a geladeira está cheia?

Repetimos, nós somos uma sociedade extremamente oca, fútil e sem vontade de viver.

Para conhecer mais sobre o assunto, recomendamos a leitura do artigo: “A Anorexia Cresce Entre os Adultos“.