São crises com reações neurológicas que levam à contração e tremores musculares de forma abrupta e violenta. Estas podem ser causadas por vários fatores, incluindo a epilepsia (a convulsão é um sintoma disso), lesão cerebral, febre alta, overdose de drogas e até mesmos estados psicológicos.

Saber sobre a crise e o que se tem de fazer quando ocorre uma convulsão é importante, já que com isso estaremos preparados para para salvar um membro da família ou qualquer pessoa que precise de nossa ajuda. Por estas razões, vamos explicar o que fazer se você se encontrar nesse caso.

Você deve estar ciente de que há várias causas de convulsões. Algumas convulsões acompanham outros sintomas como, por exemplo, a perda da consciência. Existem outras que são mais leves, em que a vítima está consciente, os tremores musculares e rigidez duram apenas alguns segundos.

Cuidados que devem ser tomados para manter a calma, independente do tipo de convulsão:

  • Limpar a área e remover qualquer objeto com o qual o afetado poderia se ferir.
  • Arejar e tranquilizar os assistentes que devem dar espaço e privacidade ao afetado.
  • Mantenha a cabeça da pessoa virada para o lado, por vezes a convulsão pode provocar vômitos.
  • Não coloque objetos na boca para não morder a língua. O afetado pode se sufocar e piorar a situação.
  • Manter a pessoa na posição de recuperação acima, até a chegada de socorro médico. É aconselhável verificar se o afetado possui uma pulseira de identificação médica que pode dar informações sobre como tratar suas convulsões.