A cavidade abdominal é coberta por uma camada de músculos, que normalmente mantém os órgãos no lugar. Se um segmento da parede muscular torna-se solto ou enfraquecido, se converte em uma hérnia.

As hérnias abdominais ocorrem quando uma parte de um órgão interno (normalmente o intestino) produz protuberâncias (pacote) através de um segmento enfraquecido da parede muscular do abdome.

Considerações

As hérnias podem ocorrer em qualquer parte do corpo, mas são mais comuns na região abdominal. Alguns tipos específicos de hérnias abdominais incluem hérnia epigástrica. Ela ocorre no abdômen superior, entre o esterno e o umbigo. É mais comum em homens que em mulheres e pode causar sensibilidade na área afetada, indigestão, arrotos e vômitos ocasionais.

Hérnia paraumbilical: se desenvolve perto do umbigo e é mais comum em mulheres que em homens. Pode causar constipação e por vezes dor abdominal.

Hérnia inguinal: desenvolve-se na virilha, principalmente em homens ou nos bebês do sexo masculino.

Hérnia femoral: é semelhante à hérnia inguinal, exceto que se desenvolve abaixo da virilha. Ocorre, geralmente, em mulheres obesas.

Hérnia umbilical: ocorre em recém-nascidos e aparece como uma protuberância em torno do umbigo.

Hérnia incisional: essa hérnia geralmente ocorre após uma operação no abdômen, no local onde o músculo foi cortado.

Causas

As hérnias são provocadas por fraqueza ou rasgo na parede muscular que reveste a cavidade abdominal. Gravidez e obesidade estão frequentemente entre as causas.

Sinais e Sintomas

Os sintomas mais característicos da hérnia abdominal são:

  • Leve protuberância no abdômen.
  • Dor ou sensibilidade.
  • Vômitos, indigestão, constipação e outros distúrbios do sistema gastrointestinal.

Se existe uma protuberância na parede abdominal, verifique com seu médico o mais rapidamente possível. A maioria das hérnias não representam um risco grave, mas se bloqueia um segmento do intestino ou corta o fornecimento de sangue pode desencadear uma grave emergência. Lembre-se que se você observar o aumento da dor, inchaço e vermelhidão podem ser indicativos de estrangulamento intestinal. Consulte imediatamente o seu médico ou vá a um pronto-socorro.

Tratamento

O médico irá verificar e ver se a hérnia pode ser reduzida, introduzindo um novo conteúdo para a cavidade abdominal. Dependendo da sua localização e extensão, você pode optar pela cirurgia reconstrutiva. É sempre recomendável quando houver risco de obstrução intestinal ou estrangulamento. Alguns reparos cirúrgicos da hérnia não necessitam de internação, mas na maioria das vezes requerem internação hospitalar. Após esta operação, o paciente retorna às atividades normais em poucos dias, mas o trabalho pesado é recomendado somente após a recuperação completa.

As hérnias em geral, não podem ser evitadas. No entanto, seguir algumas dicas de saúde e a manutenção do peso ideal com exercícios abdominais ajuda a prevenir algumas delas.