O Que É Pancreatite?

Inflamação do pâncreas. Pancreatite crônica geralmente ocorre após os ataques repetidos de pancreatite aguda, porque o pâncreas não se recupera completamente entre os ataques.

Causas

  • Alcoolismo.
  • Doenças da vesícula biliar ou das vias biliares.
  • Obstrução do duto pancreático, cicatrizes ou retardamento do desenvolvimento de câncer (raramente).
  • Lesão abdominal.
  • Infecção viral.
  • Hiperlipidemia (especialmente triglicérides muito alto).

Sintomas

  • Pancreatite aguda grave: dor abdominal grave.
  • Vômitos.
  • Distensão abdominal e gases.
  • Febre.
  • Dores musculares.
  • Queda da pressão arterial.

Pancreatite crônica: leve ou grave dor persistente, geralmente após as refeições, na parte superior do abdômen, por vezes irradiando para as costas ou é generalizada. A dor é ardente, cortante ou contundente.

Os episódios dolorosos podem durar dias ou semanas e, raramente menos de um dia.

Icterícia moderada (pele e olhos amarelos, às vezes).

Rápida perda de peso.

Fatores de Risco

  • Má alimentação.
  • O consumo excessivo de álcool.
  • Tomar certas medicações, incluindo: sulfonamidas, azatioprina, hidroclorotiazida ou corticosteroides.

Prevenção

Não tome mais do que 1 ou 2 bebidas por dia.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico

  • Histórico e exame físico por um médico.
  • Pode ser difícil de diagnosticar.
  • Sangue e análise de urina e cintilografia.
  • Imagem do pâncreas, com: raios-X ou ultra-som (recomendado).

Tratamento

  • Tratamento médico.
  • Internação em casos graves.

Medidas gerais: para alívio da dor, uso de uma almofada de aquecimento, lâmpada de calor ou compressa morna.

Medicação: seu médico pode prescrever analgésicos, enzimas digestivas que o pâncreas não consegue produzir, antibióticos se houver uma infecção bacteriana.

Antiácidos, tais como: anti-histamínicos H2 ou/e bloqueadores de bomba de prótons no estômago.

Atividade: sem restrições.

Dieta: nenhuma dieta especial.

Estrita abstinência do álcool.

Informe o seu médico se o seguinte ocorrer durante ou após o tratamento:

• Icterícia.

• Febre acima de 38ºC ou mais.

• Perda contínua de peso.

• Sinais de deficiência de cálcio, tais como cãibras musculares ou convulsões.

Possíveis Complicações

  • Diabetes mellitus.
  • Deficiência crônica de cálcio.
  • Infecção bacteriana secundária no pâncreas.
  • Sangramento maciço e destruição do pâncreas.
  • Cisto ou abcesso do pâncreas.

Prognóstico

A pancreatite aguda geralmente é curada com tratamento intensivo.

O tratamento inclui repouso absoluto a partir do trato gastrointestinal e alimentação intravenosa.

Cerca de 5% dos casos são fatais.

A pancreatite crônica pode levar a ataques por muitos anos.