Saber o tipo de obesidade e a correta abordagem para o tratamento de programas de perda de peso é essencial para um bom resultado. Existem basicamente dois tipos de obesidade, você sabe qual é a sua? A primeira coisa a fazer é calcular o IMC (Índice de Massa Corporal) para determinar o grau de obesidade que temos.

Existem dois tipos nos quais a obesidade pode ser classificada em geral:

Obesidade Androide

Obesidade androide ocorre mais freqüentemente em homens, embora algumas mulheres também possam sofrer. Neste tipo de doença, a gordura se acumula principalmente no abdômen e na cintura, enquanto o resto do corpo permanece fino em relação ao plano mediano.

Você pode ver uma figura em forma de maçã, o termo androide provém de robôs em forma de homem. Aqueles com uma evolução deste tipo de obesidade costumam ter pressão arterial alta, colesterol total e triglicérides elevados e diabetes mellitus tipo II.

A obesidade androide ou central é mais fácil de eliminar e controlar, porque o exercício aeróbico é utilizado principalmente como fonte de combustível do tecido adiposo subcutâneo abdominal.

Obesidade Ginoide

A obesidade ginoide afeta as mulheres normalmente, embora alguns homens possam ter. Caracteriza-se pela silhueta em forma de pera, porque a gordura se acumula principalmente nos quadris, nádegas e pernas.

Este tipo de obesidade está associada a doenças como problemas de vesícula e insuficiência venosa. A gordura armazenada é muito difícil de remover, porque o tecido adiposo nessa área, é resistente a lipólise (quebra de gordura).

Estes dois tipos de obesidade são as tendências gerais de uma classificação mais completa e sofisticada, no entanto, é necessário saber qual é a sua, precisamos lutar contra outros fatores associados, e assim otimizar o programa de emagrecimento. Veja também “Obesidade: Fatores De Risco Para A Saúde”.

Para conhecer mais sobre a obesidade não deixe de ler o artigo “As Principais Doenças da Obesidade”.