A obesidade é causada por diferentes motivos, seja por questões genéticas ou fisiológicas ou por questões alimentares. Mas além destas razões, novas perguntas surgiram recentemente, como é que a obesidade pode ser contagiosa? Bem, aparentemente, a influência social pode atuar sobre a obesidade, então se você tem problema de peso, você não pode parar de ler este artigo.

Na busca pelas causas diferentes que podem provocar ganho de peso e obesidade tem sido realizados estudos que tentam estabelecer a influência social sobre a obesidade. Portanto, há uma dúvida, a obesidade é contagiosa?

A realidade é que não é nos termos que se conhece sobre a palavra contágio, uma vez que a obesidade não é causada por vírus, bactérias ou germes que podem se espalhar de uma pessoa para outra. Mas pode haver um contágio social que pode levar uma pessoa a comer mais alimentos e de pior qualidade nutricional.

De acordo com estudos recentes, a obesidade poderia ser influenciada pelo comportamento social. Esta pesquisa mostrou que os jovens com sobrepeso ou obesidade tinham amigos que também sofriam desta doença.

Portanto, a partir desses estudos sugere-se que se um adolescente tem amigos que estão acima do peso, ele tem mais chance de ter um peso acima do normal. O mesmo ocorre ao contrário, se crianças ou adolescentes têm amigos magros, essa influência vai evitar excesso de peso.

Também foi observado que essa influência foi ainda mais longe, estendendo-se a realização da atividade física, que também tem uma influência direta no peso. Levando em conta os resultados desta investigação conduzida pelo Dr. David Shoham, um estudante com um IMC de 25 ou mais é 56% mais propenso a ganhar peso se ele está em um grupo de pessoas obesas.

Estes resultados são importantes porque permitem que você defina ações para prevenir a obesidade em adolescentes, não apenas individualmente, mas em grupos, especialmente porque os adolescentes precisam de uma associação de grupo na qual se vincular.