Você sabia que cada alimento possui uma densidade de calória específica e conhecê-la pode ser de grande utilidade. Pois bem, se você precisa emagrecer é importante conhecer o que a densidade calórica e como esta ferramenta pode te ajudar a emagrecer mais facilmente.

Existem muitas ferramentas as quais você pode usar para selecionar corretamente os alimentos que te permitem emagrecer. Você pode levar em conta os nutrientes principais dos mesmos, como por exemplo, alimentos ricos em fibras e alimentos ricos em proteínas. Por outro lado, você pode escolher os alimentos, considerando o seu índice glicêmico (IG) ou sua densidade calórica. Para entender como a densidade calórica pode te ajudar a emagrecer, é necessário conhecer o que é.

O que é a densidade calórica?

A densidade calórica é a quantidade de energia metabolicamente disponível por unidade de volume de alimento. Ou seja, a densidade calórica é a relação entre as calorias que o alimento fornece sobre o volume do mesmo.

A fórmula de densidade calórica seria: quantidade de calorias/volume (gr.)

Se a quantidade de calorias excede o volume, a densidade calórica será positiva. A qual está indicando que esse alimento possui mais calorias do que gramas, portanto, pode causar ganho de peso.

Se a quantidade de calorias é menor do que o volume a densidade calórica será negativa, portanto, esse alimento fornecerá menos calorias do que gramas e seria um alimento ideal para emagrecer.

Considerando a densidade calórica é possível dividir os alimentos em alimentos com muito baixa densidade calórica, alimentos de baixa densidade calórica, alimentos com moderada densidade calórica e alimentos com alta densidade calórica.

Os alimentos apropriados para emagrecer, serão aqueles pertencentes aos dois primeiros grupos (frutas frescas, vegetais, laticínios com pouca gordura, chá sem açúcar, gelatina light, legumes, cereais integrais e carnes magras, entre outros). No caso dos alimentos do terceiro grupo de alimentos podem ser consumidos com moderação, enquanto que você deve eliminar os alimentos do quarto grupo (batatas fritas, manteiga, molhos como maionese, assados de padaria e doces, refrigerantes regulares, entre outros.).

Agora que você conhece qual é a densidade calórica, é importante saber como pode te ajudar você a perder peso.

Como a densidade calórica pode te ajudar a emagrecer?

Reduzindo a fome e a ansiedade. Basicamente, os alimentos com muito baixa ou baixa densidade calórica te fornecem saciedade. Este é o caso de frutas e vegetais, assim como também os cereais integrais e os legumes. Inclusive a carne proporciona saciedade. Em muito volume existem poucas calorias. Inclusive muitos destes alimentos são conhecidos como alimentos com calorias negativas. Tal é o caso da maioria das frutas e dos vegetais de folhas, o tomate ou a cenoura.

Enquanto esta informação é muito útil, talvez você esteja se perguntando como pode colocá-la em prática. É muito fácil, para isso você precisa conhecer a informação nutricional do produto em questão. Nela aparecerá a quantidade de calorias por porção em gramas. Divida os dois números e obtenha um resultado numérico. Se for positivo, ou maior do que 1 trata-se de um alimento de moderada ou alta densidade calórica, e, se for negativo ou inferior a 1, trata-se de um alimento de baixa ou muito baixa densidade calórica.

Finalmente, tenha em mente que conhecer a densidade calórica dos alimentos pode te ajudar a desenvolver hábitos saudáveis ​​que te permita permanecer em seu peso ideal ou habitual.