O tratamento da obesidade pode ser um tratamento tão complexo que os resultados não são os pensados no tempo esperado. Isso pode levar muitas pessoas a pensar em consumir anorexígenos. Por isso, é importante que, se essa ideia passa pela sua cabeça, conheça seus efeitos colaterais e contraindicações.

Os anorexígenos ou inibidores de apetite são os medicamentos mais populares para o tratamento da obesidade. Dentro dos anorexígenos existem diferentes anfetaminas, tais como a Dexfenfluramina e Difenidramina, mas estes podem causar muitas complicações de saúde; a tal ponto que em muitos países o seu consumo está proibido ou estritamente controlado.

Os riscos do consumo de anorexígenos são muitos. Você pode, talvez, perder peso rapidamente, mas terá que colocar na balança o que prefere: perder peso saudável e lentamente, ou rapidamente em detrimento da sua saúde.

Complicações do uso de inibidores de apetite

  • Risco de lesões vasculares cardíacas.
  • Hipertensão pulmonar.
  • Doença cardíaca valvular ou insuficiência cardíaca.
  • Taquicardia.
  • Insônia.
  • Dependência, o que pode levar ao abuso.
  • Depressão.
  • Anorexia nervosa.
  • Morte.

Efeitos colaterais

  • Sistema cardiovascular: palpitações, taquicardia, hipertensão, arritmias.
  • Sistema gastrointestinal: boca seca, náuseas, vômitos, dores abdominais, diarreia e constipação.
  • Sistema nervoso central: excitação, insônia, ansiedade, depressão, tremores, dores de cabeça, surtos psicóticos, convulsões.

Como você pode ver, as complicações são muitas e graves. Inclusive, em muitos casos, os pacientes que tomam estes medicamentos não têm sintomas específicos ou os atribuem a outras causas, como nervosismo ou estresse.

Além de conhecer as complicações dos anorexígenos, é importante conhecer a interação que este medicamento ocasiona com outros fármacos:

Com antidepressivos. Pode causar uma crise hipertensiva. Sugere-se concluir o tratamento com antidepressivos 15 dias antes de começar com os anorexígenos, já que os metabolitos ativos podem permanecer no sangue durante até 5 semanas.

Com descongestionantes, antitussígenos e antialérgicos. Pode causar um aumento da pressão arterial.

Com anestésicos. Pode causar arritmias.

Com álcool. Pode causar depressão e transtornos psicóticos.

Com medicamentos que são metabolizados no fígado. Aumento da concentração da referida droga no sangue.

Existem relatos de agências internacionais como o FDA, que advertem sobre o risco de consumir esse tipo de medicamento, já que apresentam risco de morte por hipertensão pulmonar primária (entre 23 a 46 milhões de pessoas por ano, com um pouco mais de 3 meses de anorexígenos, em particular a fentermina, a fendluramina e a dexfenfluramine). Por outro lado, sabe-se que podem ser a causa de morte por hemorragia cerebral.

Os anorexígenos retiram a fome, e talvez você pense que isso pode te ajudar muito a conseguir o peso tão desejado, mas no momento de tomar a decisão sobre qual caminho escolher, você deve estar ciente de que está em jogo a sua saúde mais do que a sua aparência estética. Embora esta última seja muito importante para você, mais ainda é o seu bem-estar físico e mental, e estes precisam ser cuidados. Por isso, recomendamos que: consulte um médico, realize uma dieta de acordo com as suas necessidades e realize atividade física.

O caminho mais fácil traz consigo riscos muito elevados que em alguns casos extremos, tem levado à morte, tudo em busca de fazer as coisas rápidas. Nem sempre o rápido é bom.