A massagem circulatória é uma técnica cuja finalidade é ativar a circulação sanguínea e linfática promovendo o intercâmbio celular. Ao mobilizar os líquidos corporais, se consegue por um lado, que os nutrientes cheguem melhor as células, e por outro, que as toxinas circulantes alcancem os órgãos e gânglios linfáticos encarregados de eliminá-las.

A técnica consiste em mobilizar os líquidos corporais, atuando diretamente sobre os vasos sanguíneos e linfáticos, e indiretamente sobre as terminações neo-motoras. Este procedimento favorecerá o funcionamento do músculo cardíaco e intensificará a distribuição sanguínea desde os órgãos internos para os músculos da pele. O resultado será um aumento na temperatura do corpo e dos tecidos, impedindo lesões circulatórias.

A incidência em cada um dos circuitos é diferente, dependendo se é o sistema circulatório sanguíneo arteriovenoso ou linfático.

Circulação Venosa

Os vasos sanguíneos venosos circulam na superfície, de modo que a massagem deve ser realizada no mesmo sentido do sangue nas veias, ou seja, a partir das extremidades para o coração. Este procedimento aumenta o fluxo de sangue que retorna ao coração, melhora a filtragem do mesmo, e estimula a função das válvulas de entrada e saída do músculo cardíaco.

Circulação do Sangue

O acúmulo de calor obtido pela massagem provoca dilatação dos vasos arteriais. Isto favorece o trânsito de oxigênio no sangue e de nutrientes, para aumentar a área de metabolismo.

O sistema de vasos arteriais se move em nível profundo dentro do organismo, de modo que a massagem não age de forma tão direta sobre eles, como acontece na circulação venosa. Ao tratar da massa muscular profunda através de uma boa distribuição de oxigênio e nutrientes, o que melhora o estado trófico de músculo e pele, também tem o fluxo sanguíneo arterial de forma mais suave.

Circulação Linfática

O sistema linfático, em conjunto com a circulação venosa, é responsável pela purificação do corpo. Esta circulação se move ao nível da pele. Com uma massagem suave é suficiente para mobilizar os fluídos acumulados, para a filtração e drenagem.

Indicações e Contra-indicações da Massagem Circulatória

A massagem é adequada para todos os tipos de pessoas, particularmente aquelas que têm:

  • Distúrbios circulatórios
  • Retenção de líquidos
  • Edema
  • Celulite
  • Obesidade
  • Contraturas
  • Dor de cabeça
  • Dores de cabeça, insônia e estresse
  • Fadiga ou cansaço
  • Doenças Reumáticas
  • Lesão muscular

A Massagem Pode Ser Contraindicada em:

  • Flebite
  • Trombose
  • Varizes acentuadas
  • Fragilidade vascular
  • Lesões que envolvem a área de tratamento
  • Processos que ocorrem com a dor de inflamação
  • Problemas de pele
  • Glândulas inchadas
  • Malignidades

Para conhecer outros tipos de massagens e seus benefícios, não deixe de ler também “Massagem Terapêutica | Estilos De Massagem E Seus Benefícios Para A Saúde“.