O que é cabergolina?

Cabergolina é um medicamento utilizado para tratar diferentes tipos de problemas médicos que ocorrem quando existe muito hormônio prolactina. Ele pode ser usado para tratar certos problemas menstruais, problemas de fertilidade em homens e mulheres e prolactinomas hipófise (tumores da glândula pituitária).

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causarem uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com os outros.

Informações importantes:

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se. . .

  • é alérgico a algum medicamento, prescrito ou não;
  • estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento;
  • estiver amamentando;
  • está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não;
  • possui algum outro problema médico, especialmente pressão alta ou problemas no fígado.

Posologia:

Se você esquecer uma dose deste medicamento, tome a dose esquecida se lembrada dentro de 1 ou 2 dias. Entretanto, se você não se lembrar até quase na hora da próxima dose, contate o seu médico para ver se você pode tomar doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções:

É importante que o seu médico verifique o seu progresso em visitas regulares enquanto estiver tomando este medicamento.

Este medicamento pode causar em algumas pessoas sonolência e tontura.

Certifique-se de que você saiba como reage a este medicamento antes de conduzir, utilizar máquinas ou realizar outras tarefas que exijam estar alerta.

Podem acontecer tonturas, vertigens ou desmaios, especialmente ao levantar de uma posição deitada ou sentada. Levantar-se lentamente pode ajudar.

Informe o seu médico imediatamente se você pensa em engravidar.

Você e seu médico devem conversar sobre como você deve continuar tomando este medicamento durante a gravidez.

Consulte o seu médico imediatamente se os sintomas de desmaios, alucinações, tontura, nariz entupido ou batimentos cardíacos rápidos.

Efeitos Colaterais:

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Mais comuns: dor abdominal, sensação de que você está se movendo ou que os objetos estão se movendo em torno de você (vertigem).

Raros: alterações na visão, dificuldade de concentração, tonturas ou desmaio ao se levantar de repente de uma posição deitada ou sentada, perda de apetite, inchaço das mãos, tornozelos, pés ou pernas, batimento cardíaco extraordinariamente rápido, ganho ou perda de peso.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se eles continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: constipação, tonturas, náuseas ou dor de estômago, fraqueza.

Menos comuns: queimação, coceira ou ardência na pele, diarreia, boca seca ou dor de dente, gases, sensação de desconforto ou doença, calor, depressão mental, dor ou pontadas nos músculos e articulações, corrimento nasal, sonolência, dor de garganta, dificuldade em dormir, vômitos.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns doentes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.