O Que é Citrato de Bismuto Ranitidina?

Citrato de bismuto ranitidina é usado para tratar úlcera duodenal ativa associada à infecção causada pelo organismo H. pylori (germe). Utilizado em combinação com um antibiótico chamado claritromicina. Este medicamento não deve ser tomado isoladamente para tratar úlceras.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causarem uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com outras pessoas.

Informações Importantes

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não.
  • Possui algum outro problema médico, especialmente porfiria aguda ou doença renal.

Posologia

Tome este medicamento durante o tratamento completo, mesmo se você começar a se sentir melhor. É importante consultar o seu médico regularmente para determinar se a combinação de citrato de bismuto ranitidina e claritromicina está funcionando corretamente para curar a infecção que está causando a sua úlcera.

Este medicamento pode ser tomado com ou sem alimentos.

Se você esquecer uma dose deste medicamento, tome-a logo que possível. No entanto, se estiver quase na hora da dose seguinte, pule a dose esquecida e retome ao seu esquema posológico regular. Nada de doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções

Este medicamento pode afetar os resultados da tira de teste de imersão para a análise de proteína na urina. Recomendamos o teste ácido sulfo-salicílico tendo citrato de bismuto ranitidina.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Raros: reação alérgica (rápidos ou irregulares, edema ou inchaço da face, dificuldade em respirar, erupção cutânea).

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Mais comuns: diarreia, dor de cabeça.

Menos comuns: tontura, coceira, problemas para dormir náuseas, vômitos.

Raros: constipação, dor de estômago.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comum: mudança no paladar.

Menos comum: escurecimento da língua ou fezes.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.