O Que é diclofenaco e Misoprostol?

Diclofenaco e misoprostol é uma combinação de medicamentos usados para tratar a artrite em pacientes com úlceras do estômago.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causam uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com outras pessoas.

Informações Importantes

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não, especialmente aspirina ou outros salicilatos, ou análogos de prostaglandina.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não, especialmente amilorida, anticoagulantes, aspirina, corticosteroides, ciclosporina, glicosídeos digitálicos, lítio, ácido acetilsalicílico, espironolactona ou triantereno.
  • Possui algum outro problema médico.

Posologia

Para usar esta medicação com segurança, não tome nem mais e nem menos do que indicado.

Não use este medicamento com antiácidos contendo magnésio.

Não mastigue, triture ou dissolva os comprimidos.

Não dê este medicamento a outra pessoa.

Este medicamento deve ser tomado com as refeições.

Se você esquecer uma dose deste medicamento, tome-a logo que possível. No entanto, se estiver quase na hora da dose seguinte, pule a dose esquecida e retome ao seu esquema posológico regular. Nada de doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções

Este medicamento pode causar aborto se for utilizado durante a gravidez. Portanto, se você pensa em engravidar, pare imediatamente de usar este medicamento e consulte o seu médico.

Não beba bebidas alcoólicas regularmente enquanto estiver utilizando este medicamento a menos que seu médico lhe diga o contrário.

Se utilizar este medicamento por um longo tempo é muito importante que o seu médico verifique o seu progresso em visitas regulares para assegurar que o medicamento está funcionando corretamente e também verifique os efeitos indesejados.

Não tome este medicamento com outros medicamentos utilizados para tratar a dor e o inchaço da artrite, a menos que seu médico te oriente de outra forma.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Menos comuns: fezes escuras, feridas sangrentas nos lábios, sangue na urina ou nas fezes, hematomas ou manchas vermelhas na pele, dor torácica, calafrios, confusão contínua, sede, convulsões, tosse ou rouquidão, desorientação, sonolência, desmaios, febre com ou sem calafrios, retenção de líquidos, alucinações, azia ou indigestão, aumento da pressão arterial, aumento da frequência cardíaca, aumento de peso, coceira na pele, pulsação irregular, grandes manchas na pele azul ou roxa, atordoamento ou tonturas, dor na parte inferior das costas ou de lado, depressão mental, espasmos musculares, náuseas, dor ou dificuldade para urinar, reação psicótica, sangramento retal, dor de cabeça intensa, dor, cólicas ou queimação no estômago (grave), falta de ar, dificuldade para respirar, sensação de aperto ou chiado no peito, erupção cutânea, feridas, úlceras ou manchas brancas nos lábios ou na boca, rigidez do pescoço ou dor nas costas, diminuição repentina na quantidade de urina, inchaço ou sensibilidade na parte superior do estômago, rosto inchado, dedos, pés ou parte inferior das pernas, sangramento ou ferimento incomum, cansaço ou fraqueza, vômitos de material que se parece com borra de café, pele ou olhos amarelos.

Raros: alterações na cor da pele, respiração irregular, distensão ou inchaço das pálpebras ou ao redor dos olhos.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: diarreia, gases, azia.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.