O Que é Dipiridamol?

O dipiridamol é utilizado para reduzir a possibilidade de um acidente vascular cerebral ou outros problemas médicos graves que podem ocorrer quando um vaso sanguíneo é bloqueado por coágulos de sangue. Este medicamento é dado somente quando há maior possibilidade de ocorrência desses problemas. Por exemplo, é dado a pessoas que estão com as válvulas doentes e são substituídas por válvulas mecânicas do coração, porque esses pacientes são mais propensos à formação de coágulos de sangue e que são muito perigosos. O dipiridamol também pode ser usado para outras circunstâncias determinadas por seu médico.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causa uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com outras pessoas.

Informações Importantes

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se..

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não, especialmente a aspirina ou outros salicilatos, cefamandole, cefoperazona, cefotetan, pentoxifilina, plicamicina, sulfinpirazona, ticarcilina, ticlopidina ou ácido valproico.
  • Possui algum outro problema médico, especialmente dores no peito ou pressão arterial baixa.

Posologia

Dipiridamol deve ser tomado em intervalos iguais, como orientado pelo seu médico.

Este medicamento funciona melhor quando tomado com um copo de água, pelo menos, 1 hora antes ou 2 horas após as refeições. No entanto, para reduzir a irritação no estômago, o médico pode aconselhar que você tome dipiridamol juntamente com alimentos ou leite.

Se você esquecer uma dose deste medicamento, tome-a logo que possível. No entanto, se a dose seguinte está dentro das próximas 4 horas, pule a dose esquecida e retome ao seu esquema posológico regular. Nada de doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções

Não tome aspirina ou outra combinação de medicamentos que contenham aspirina a menos que o médico que receitou dipiridamol também tenha receitado aspirina.

Se foi receitado para você tomar aspirina com dipiridamol, tome somente a quantidade de aspirina orientada por seu médico.

Diga a todos os médicos e dentistas, que você está tomando dipiridamol.

Você pode sentir tonturas, vertigens ou desmaios, especialmente ao se levantar de uma posição deitada ou sentada. Se o problema persistir ou se agravar, consulte o seu médico.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Raros: dor no peito, cálculos biliares, rigidez ou inchaço na garganta, olhos ou pele amarela.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: dor abdominal ou dores de estômago, diarreia, tonturas ou vertigens.

Menos comuns: cefaleia, náuseas ou vômitos, fraqueza.

Raros: mal-estar geral, perda de cabelo, dor ou inchaço nas articulações, dor muscular, nariz escorrendo, espirros, cansaço ou fraqueza.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.