O Que é Etretinato?

Etretinato é usado para tratar a psoríase forte. Geralmente é usado somente depois de tentar outros medicamentos que não ajudaram. Etretinato não deve ser utilizado por mulheres que têm filhos a menos que você já tenha tentado outras formas de tratamento primeiro e elas não funcionaram.

Etretinato não deve ser tomado durante a gravidez porque causa defeitos de nascimento. Além disso, tendo etretinato, você deve planejar não ter filhos. É muito importante você ler, entender e seguir as advertências contra a gravidez tomando etretinato.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causa uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com outras pessoas.

Informações Importantes

Etretinato não deve ser tomado durante a gravidez porque causa defeitos de nascimento. Etretinato não deve ser tomado se não utilizar contracepção eficaz durante pelo menos 1 mês antes do início do tratamento. Deve se utilizar contracepção durante o tratamento.

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não, em especial isotretinoína, metotrexato, tetraciclina, tretinoína ou vitamina A.
  • Possui algum outro problema médico.

Posologia

É muito importante tomar etretinato somente como prescrito. Tome cada dose do etretinato com leite ou uma refeição com gordura para ajudar seu corpo a absorver melhor o medicamento. No entanto, siga uma dieta de baixa gordura durante o restante do dia.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções

Seu médico deve verificar o seu progresso em visitas regulares. Porque etretinato causa defeitos de nascimento e ninguém sabe quanto tempo se deve evitar a gravidez após parar o tratamento, você deve planejar nunca ter filhos, se você tomar etretinato.

Você deve utilizar um método contraceptivo confiável para não correr o risco de engravidar. Além disso, não altere seu método contraceptivo a menos que você tenha consultado o seu médico.

Se você acha que pode ter engravidado tomando etretinato, ou em qualquer momento depois que você parou de tomá-lo, verifique com seu médico o mais rapidamente possível. Pare de tomar o remédio imediatamente, se ainda estiver tomando. Para evitar a possibilidade que uma paciente grávida receba o seu sangue, você deve planejar nunca doar sangue durante ou após o tratamento com etretinato.

Não tome suplementos contendo vitamina A, enquanto estiver tomando este medicamento. Beber muito álcool enquanto estiver tomando etretinato pode aumentar a probabilidade de doenças do coração e vasos sanguíneos. É melhor não beber álcool, ou pelo menos reduzir a quantidade que toma normalmente.

Em alguns pacientes, o etretinato pode causar uma diminuição da visão noturna. Esta redução pode ocorrer de repente. Se isso acontecer, não conduza, utilize máquinas ou faça outros trabalhos que exijam estar com uma visão boa. Além disso, consulte com seu médico. Quando você começar a usar este medicamento, evite muito sol até ver como você reage à luz solar, especialmente se você tende a queimar facilmente. Se você tiver uma reação muito forte, consulte o seu médico.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Menos comuns: visão borrada, dupla ou qualquer alteração na visão, urina escura, gripe, pele ou olhos amarelos. Raros: Dor de cabeça (grave ou contínua), náuseas ou vômitos.

Outros efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Mais comuns: cólicas, dores no abdômen ou dor de estômago, rigidez dos ossos e articulações, hematomas (raro), ardor, vermelhidão, coceira ou outros sinais de inchaço ou irritação dos olhos.

Menos comuns ou raros: hemorragia ou vermelhidão das gengivas, alterações na audição ou outros problemas de ouvido, confusão, alterações de humor ou mental.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: alterações do apetite, secura ou irritação da boca, nariz ou pele, dor de cabeça (leve), queda de cabelo, sede incomum, cansaço.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.