O que é floxuridina?

Floxuridina pertence ao grupo de medicamentos chamados antimetabólitos. Ela é usada para tratar alguns tipos de câncer.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causam uma preocupação especial ou você quiser mais informações sobre este medicamento e a sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Informações importantes:

Converse com seu médico sobre os possíveis efeitos colaterais deste medicamento. Alguns deles podem ser graves ou de longa duração.

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se. . .

  • é alérgico a algum medicamento, prescrito ou não;
  • estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento;
  • estiver amamentando;
  • está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não;
  • possui algum outro problema médico, especialmente varicela (incluindo exposição recente), hepatite (histórico de) ou outra doença hepática, herpes zoster, infecção ou doença renal;
  • já foi tratado com radioterapia ou medicamentos contra o câncer.

Posologia:

Floxuridina às vezes, causa náuseas e vômitos. Informe o seu médico se isso acontecer, especialmente se você tiver dor de estômago.

Precauções:

É muito importante que o seu médico verifique o seu progresso em visitas regulares para se certificar que este medicamento está funcionando corretamente e para verificar os efeitos indesejados.

Enquanto estiver em tratamento com este medicamento e quando o tratamento terminar, não receba qualquer imunização (vacinação) sem autorização do seu médico.

Efeitos colaterais:

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Mais comuns: cólicas, diarreia, dor na boca ou nos lábios, dor de estômago ou dor abdominal.

Menos comuns: fezes escuras, azia, náusea ou vômito, vermelhidão das mãos ou dos pés, inchaço ou dor da língua.

Raros: sangue na urina ou nas fezes, tosse ou rouquidão, dificuldade ou dor ao urinar, febre ou calafrios, dor na parte inferior das costas ou de lado, pequenas pintas vermelhas na pele, dificuldade para caminhar, sangramento ou nódoas escuras, olhos ou pele amarela.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se eles continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Menos comuns ou raros: perda de apetite, erupção cutânea ou prurido.

Este medicamento às vezes provoca queda de cabelo temporária. Após o tratamento ser concluído, deve voltar o crescimento normal do cabelo.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns doentes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.