O Que é Histamina?

Histamina é usada para ajudar a diagnosticar problemas ou doenças do estômago. Este teste determina quanto de ácido o estômago produz.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causam uma preocupação especial ou você quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Informações Importantes

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se…

  • É alérgico a algum medicamento, prescrito ou não.
  • Estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento.
  • Estiver amamentando.
  • Está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não, especialmente antiácidos, anticolinérgicos (medicamentos para espasmos ou cólicas do abdômen ou do estômago), cimetidina, famotidina, nizatidina, omeprazol ou ranitidina.
  • Possui algum outro problema médico, especialmente doença cardíaca, pressão arterial alta ou baixa pressão, doença renal, doença pulmonar ou feocromocitoma.

O seu médico poderá pedir para evitar certos medicamentos antes do teste de histamina. Siga cuidadosamente as instruções do seu médico. Caso contrário, esta análise pode não funcionar e será re-feita.

Não comer nada por 12 horas antes do teste, a menos que seu médico lhe diga o contrário. Ter alimento no estômago pode afetar os resultados.

Precauções

Não engolir a saliva durante o teste. A saliva pode afetar os resultados do teste.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Mais comuns: tonturas, vertigens ou desmaios, dor de cabeça (grave ou contínua), nervosismo.

Menos comuns ou raros: convulsões, dificuldade respiratória, rubor ou vermelhidão da face.

Com doses elevadas: visão turva, dor ou desconforto no peito, redução (súbita) de pressão, diarreia (grave), dificuldade respiratória (grave), náuseas ou vômitos (grave).

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Esses efeitos colaterais devem desaparecer como os efeitos da medicação desaparecem, mas se continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: cãibras no abdômen ou no estômago, diarreia, gosto metálico, náuseas ou vômitos, vermelhidão ou inchaço no local da injeção, dor de estômago.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns pacientes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.