O que é iodeto de sódio I 131?

Iodeto de sódio I 131 é um radiofármaco. Os radiofármacos são agentes radioativos que podem ser usados para tratar certas doenças ou para estudar as atividades dos órgãos do corpo. Iodeto de sódio I 131 é usado para tratar uma tiroide hiperativa e certos tipos de câncer da tiroide.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causam uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Informações importantes:

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se. . .

  • é alérgico a algum medicamento, prescrito ou não;
  • estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento;
  • estiver amamentando;
  • está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não;
  • possui algum outro problema médico.

Seu médico pode ter instruções especiais para você na preparação para o exame ou tratamento. Se você não tiver recebido as instruções, ou se você não entender, pergunte ao seu médico.

Maiores Cuidados:

Siga estas orientações de 48 a 96 horas após receber a medicação para ajudar a reduzir a possibilidade de infectar outras pessoas:

Não beije, toque ou utilize utensílios para comer ou beber (utensílios que outras pessoa irão usar também ), não tome banho numa banheira em que outros irão utilizar também, não utilize a escova de dentes ou o copo de outras pessoas.

Não se envolva em qualquer atividade sexual.

Não se sente perto de outras pessoas, especialmente mulheres grávidas e crianças, não se sente por longos períodos de tempo.

Durma sozinho.

Lave a pia do banheiro após cada uso seu (inclusive depois de escovar os dentes).

Use toalhas separadas.

Lave as roupas de cama e utensílios de cozinha separadamente.

Iodeto de sódio I 131 está presente na urina. Para evitar a poluição do ambiente da sua casa, se lave duas vezes depois de urinar.

Se você foi tratado com iodeto de sódio I 131 para uma tireoide hiperativa, o seu médico pode querer examinar o nível de hormônio da tireoide no sangue a cada 2 a 3 meses durante o primeiro ano e, em seguida, uma vez por ano. Isso é para garantir que sua tireoide não se tornou deficiente.

Beba muito líquido para aumentar o fluxo de urina e reduzir a quantidade de iodo radioativo em seu corpo.

Efeitos Colaterais:

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Após o tratamento da tiroide hiperativa: batimento cardíaco rápido, febre, aumento da transpiração, batimento muito forte, irritabilidade, cansaço.

Após o tratamento para o câncer de tireoide: fezes escuras, sangue na urina ou nas fezes, tosse ou rouquidão, dificuldade ou dor ao urinar, febre ou calafrios, dor na região lombar ou lado, pequenas pintas vermelhas na pele, sangramento ou ferimentos incomuns.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se eles continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Após o tratamento para o câncer da tiroide ou tireoide hiperativa: sensibilidade ou inchaço do pescoço, dor de garganta.

Após o tratamento para o câncer de tireoide: perda do paladar (temporária), náuseas ou vômitos (temporário), sensibilidade das glândulas salivares.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns doentes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.