O que é levonorgestrel?

Levonorgestrel é usado para evitar a gravidez depois de ter relações sexuais desprotegidas. Levonorgestrel pertence a uma classe de medicamentos chamados progestágenos.

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causarem uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com os outros.

Informações importantes:

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se. . .

  • é alérgico a algum medicamento, prescrito ou não;
  • estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento;
  • estiver amamentando;
  • está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não;
  • possui algum outro problema médico, especialmente doenças da mama, tais como tumores ou cistos, diabetes mellitus (diabetes do açúcar), depressão (ou histórico), doenças do coração ou problemas circulatórios, ou doença hepática.

Posologia:

Este medicamento normalmente vem com as instruções do paciente. Leia-as cuidadosamente antes de utilizar o medicamento.

Progestinas não protege a mulher de doenças sexualmente transmissíveis, incluindo o vírus da imunodeficiência humana (HIV) ou síndrome de imunodeficiência adquirida (SIDA). Para se proteger contra essas doenças, é aconselhável a utilização de preservativos de látex ou abstinência sexual.

Este medicamento é para uso de emergência e não deve ser usado no lugar de contraceptivos comum, pois não tem a mesma eficácia como estes contraceptivos.

Tome o primeiro comprimido logo que possível e dentro de 72 horas de ter relações sexuais desprotegidas. Tome o segundo comprimido 12 horas após o primeiro comprimido. Se o seu médico tem outras instruções, siga.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções:

Este medicamento pode causar em algumas pessoas tontura. Certifique-se de que você saiba como reage a este medicamento antes de conduzir ou utilizar máquinas ou realizar outras tarefas que exijam estar alerta.

Se você tiver agendado um compromisso para um teste de laboratório, informe o seu médico ou enfermeiro que você tomou uma progestina, pois os resultados de alguns testes podem ser alterados devido a esta medicação.

Se você vomitar durante a próxima hora, após tomar qualquer dose deste medicamento, procure o médico e pergunte se a dose deve ser repetida.

Efeitos colaterais:

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Mais comuns: alterações no sangramento vaginal, como o aumento da quantidade de sangramento menstrual durante a menstruação, sangramento.

Menos comuns: depressão mental, erupção cutânea, aumento inesperado no fluxo de leite materno.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se eles continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: dores ou espasmos no abdômen, diarreia, tontura, fadiga, dor de cabeça (leve), mudanças de humor, náuseas, nervosismo, inchaço do rosto, tornozelos ou pés, fadiga ou fraqueza, vômitos, ganho de peso.

Menos comuns: acne, dor no peito, manchas marrons na pele, perda de cabelo, perda do desejo sexual, dificuldade em dormir.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns doentes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.