O que são metildopa e diuréticos tiazídicos?

A combinação de metildopa e diuréticos tiazídicos são usados para tratar a pressão arterial elevada (hipertensão).

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causarem uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com os outros.

Informações importantes:

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se. . .

  • é alérgico a algum medicamento, prescrito ou não;
  • estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento;
  • estiver amamentando;
  • está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não, especialmente lítio ou inibidores da monoaminoxidase;
  • possui algum outro problema médico, especialmente doença renal, doença hepática ou feocromocitoma;
  • tomou metildopa no passado.

Posologia:

Este medicamento pode causar uma sensação de cansaço quando você começar a tomar. Você também pode perceber um aumento na urina ou micção frequente. Para evitar que isso afete o sono à noite:

Se você toma uma dose por dia, tome pela manhã, após tomar café da manhã.

Se você toma mais uma dose, tome a última o mais tardar em 6 horas antes de deitar.

Este medicamento não cura a pressão alta mas ajudar você a controlá-la. Você deve continuar tomando mesmo se você se sentir bem. Se você pretende manter a pressão baixa, você pode ter que tomar remédio para pressão alta para o resto de sua vida.

Se você esquecer uma dose deste medicamento, tome-a logo que possível. No entanto, se estiver quase na hora da dose seguinte, pule a dose esquecida e retome ao seu esquema posológico regular. Nada de doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções:

Não tomar outros medicamentos, a menos que tenha discutido este assunto com seu médico.

Este medicamento pode causar perda de potássio. Para ajudar a evitar isso, o seu médico pode querer que você coma ou beba, alimentos com alto teor de potássio (por exemplo, suco de laranja), tome um suplemento de potássio ou tome outro medicamento que ajude a impedir a perda de potássio. Se certifique de seguir estas instruções cuidadosamente. Também é importante não mudar sua dieta por conta própria. O potássio extra pode não ser necessário e em alguns casos, o excesso de potássio pode ser prejudicial.

Se você tiver uma febre e parecer não haver razão para isso, especialmente durante as primeiras semanas, consulte o seu médico imediatamente.

Metildopa pode causar em algumas pessoas sonolência e tontura.

Certifique-se de que você saiba como reage a este medicamento antes de conduzir ou utilizar máquinas ou realizar outras tarefas que exijam estar alerta.

Podem acontecer tonturas, vertigens ou desmaios, especialmente ao se levantar de uma posição deitada ou sentada. Levantar-se lentamente pode ajudar.

Ficar em pé por longos períodos de tempo, fazer muito exercício ou ficar exposto no tempo quente pode fazer fazer sua condição piorar. Tome cuidado extra nessas situações.

Efeitos colaterais:

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Raro: febre sem explicação logo após você começar a tomar este medicamento.

Outros efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Menos comuns: depressão mental ou ansiedade, pesadelos ou sonhos extraordinariamente vívidos.

Raros: fraqueza ou cansaço constante depois de tomar este medicamento por várias semanas, tosse ou rouquidão, urina escura, diarreia ou dores de estômago (grave ou contínua), dificuldade ou dor ao urinar, febre, calafrios, respiração e pulsação forte e rápida, sensação geral de desconforto, doença ou fraqueza, dor nas articulações, dor na parte inferior das costas ou de lado, erupção cutânea ou urticária, com náuseas e vômitos, olhos ou pele amarela.

Sinais de muita perda de potássio: boca seca, aumento da sede, batimentos cardíacos irregulares, cólicas ou dores musculares, náuseas ou vômitos, cansaço ou fraqueza, pulsação fraca.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se eles continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: tonturas ou vertigens, especialmente ao se levantar de uma posição deitada ou sentada, sonolência, dor de cabeça.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns doentes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.