O que são reserpina, hidralazina e hidroclorotiazida?

A combinação de reserpina, hidralazina e hidroclorotiazida é usada para tratar a pressão arterial elevada (hipertensão).

Se alguma das informações e dicas contidas neste artigo de saúde lhe causarem uma preocupação especial ou quiser mais informações sobre o seu medicamento e sua utilização, consulte o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico. Lembre-se de manter este e todos os outros medicamentos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus medicamentos com os outros.

Informações importantes:

Informe o seu médico, enfermeiro ou farmacêutico se. . .

  • é alérgico a algum medicamento, prescrito ou não;
  • estiver grávida ou se planeja engravidar durante o uso deste medicamento;
  • estiver amamentando;
  • está tomando qualquer outro medicamento prescrito ou não, especialmente a cortisona ou medicamentos do tipo, digitálicos (medicamento para o coração), lítio, monoamina oxidase, metenamina ou medicamentos para controlar o apetite, asma, resfriados, tosse, febre dos fenos ou do seio frontal;
  • possui algum outro problema médico, especialmente colite, cálculos biliares, doenças do coração ou dos vasos sanguíneos, depressão mental ou úlcera do estômago.

Posologia:

Este medicamento pode causar uma sensação de cansaço quando você começar a tomar. Você também pode perceber um aumento na urina ou micção frequente. Para evitar que isso afete o sono à noite:

Se você tomar uma dose por dia: pela manhã, após tomar café da manhã.

Se você tomar mais uma dose: tome a última no mais tardar até as 6 horas da tarde.

Este medicamento não cura sua pressão alta mas ajuda a controlá-la. Você deve continuar tomando, mesmo se você se sentir bem. Se você pretende manter a pressão baixa, você pode ter que tomar remédio para pressão alta para o resto de sua vida.

Se você esquecer uma dose deste medicamento, tome-a logo que possível. No entanto, se estiver quase na hora da dose seguinte, pule a dose esquecida e retome ao seu esquema posológico regular. Nada de doses duplas.

Para guardar este medicamento:

Mantenha fora do alcance das crianças. Armazene longe do calor e da luz direta. Não armazene no banheiro, perto da pia da cozinha, ou em outros lugares úmidos. Calor ou umidade podem comprometer o medicamento. Não guarde medicamentos vencidos.

Precauções:

Este medicamento pode causar dores de cabeça, tonturas ou sonolência.

Certifique-se de que você saiba como reage a este medicamento antes de conduzir ou utilizar máquinas ou realizar outras tarefas que exijam estar alerta.

Este medicamento pode causar depressão mental.

Informe o seu médico imediatamente:

Se você ou alguém notar mudanças incomuns no seu humor.

Se você começar a ter insônia ou sonhos vívidos.

Este medicamento aumentará a influência do álcool e outros depressores do sistema nervoso central (medicamentos que retardam o sistema nervoso, podendo causar sonolência). Consulte o seu médico antes de tomar calmantes ao usar este medicamento.

Efeitos colaterais:

Os efeitos colaterais que devem ser comunicados imediatamente ao seu médico:

Mais comuns: sensação geral de mal-estar ou fraqueza do corpo.

Menos comuns: desmaio, impotência ou diminuição do interesse no sexo, incapacidade de concentração, depressão, nervosismo ou ansiedade, sonhos ou pesadelos ou insônia.

Outros efeitos colaterais que devem ser comunicados ao seu médico:

Menos comuns: fezes escuras, bolhas na pele, vômitos de sangue, dor no peito, dor de cabeça, batida cardíaca irregular, dor nas articulações, dormência, formigamento, dor ou fraqueza nas mãos ou pés, falta de ar, prurido ou coceira, febre ou dor de garganta, inchaço.

Raros: dificuldade ou dor ao urinar, rigidez, dor de estômago (grave) com náuseas e vômitos, agitação, hemorragias ou hematomas, olhos ou pele amarela.

Os efeitos colaterais que geralmente não requerem atenção médica:

Estes efeitos secundários podem desaparecer durante o tratamento, mas se eles continuam ou são incômodos, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Mais comuns: diarreia, tonturas ao levantar, perda de apetite, náuseas ou vômitos.

Outros efeitos secundários não mencionados acima podem também ocorrer em alguns doentes. Se notar qualquer outro efeito, verifique com seu médico, enfermeiro ou farmacêutico.

Depois de parar de usar essa medicação, poderá continuar apresentando alguns efeitos colaterais que precisam de atenção.

Consulte o seu médico imediatamente se sentir sono ou sensação de desconforto ou fraqueza geral do corpo ou impotência, diminuição do interesse pelo sexo, depressão mental, batimento cardíaco irregular ou incapacidade de se concentrar nervosismo ou ansiedade, sonhos vívidos, pesadelos ou insônias.