Agora que você já está tentando perder os quilos extras, por que não tentar dar volume aos seus músculos?

Ou, se você sente que já está estagnado em um determinado peso, é o momento de você dar um toque ao seu sistema de treinamento.

Essa temida e odiada estagnação pode ser porque você está estimulando mais as fibras vermelhas do que as brancas.

Em termos claros as fibras brancas ou fibras de contração rápida são as responsáveis por manter um trabalho intenso e breve, facilmente se fatigam.

As fibras vermelhas ou fibras de contração lenta são as responsáveis por manter o trabalho prolongado e estão presentes na maioria dos músculos.

  • As fibras brancas dão crescimento muscular.
  • As fibras vermelhas dão definição e calor.

Esse sistema de treinamento é ideal para estimular e aumentar as fibras brancas em seu corpo. Todo ser humano é constituído de fibras vermelhas e brancas, inclusive entrando no esporte em si, existem disciplinas que buscam estimular determinadas fibras musculares, por exemplo:

  • Os maratonistas procuram aumentar as fibras vermelhas, a fim de ter uma boa resistência que lhes permita assim percorrer longas distâncias, por isso são de compleição muito, mas muito fina, devido ao gasto energético que consomem.
  • Os atletas que correm os 100 ou 200 metros planos, buscam ter uma maior presença de fibras brancas, porque necessitam de uma grande explosividade para carregar grandes pesos ou cronometrar milésimos de segundos a menos em sua prova.

Como você vai perceber, com base em nosso objetivo declarado se tem maiores similaridades com atletas maratonistas e 100 metros que com os maratonistas, por isso a finalidade desta excelente rotina é no final do período de quatro semanas verificar o progresso em força.

Deve-se entender por força, a capacidade do ser humano de superar ou neutralizar uma força externa através da atividade muscular.

Criamos essa rotina, com o propósito de melhorar o seu condicionamento físico e economizar tempo, esta se concentra em múltiplas séries de apenas um exercício para cada parte do corpo, seis dias por semana.

Cabe ressaltar que é uma variável do método 10 x 10 que tem suas origens na escola européia para ser mais específico em países como Bulgária, Polônia e na antiga União Soviética, onde através de estudos se obtiveram os seguintes resultados: o número ideal de repetições para alcançar bom desenvolvimento muscular está localizado nas 10 repetições e para se esgotar as reservas do músculo devem ser executadas 10 séries diminuindo progressivamente os períodos de descanso.

A rotina que descobrimos entra na classificação de treinamentos de resistência, isto é, um método de trabalho muscular progressivo, no qual se aplica cada vez mais intensidade com o fim de induzir ou alcançar a hipertrofia muscular.

Por ser um método de treinamento de grande demanda física esta rotina não está apta para iniciantes, deve ser executada por fisiculturistas intermediários ou avançados, de preferência.

Quais são os benefícios obtidos?

Escolher um exercício e realizar o seu treinamento até o limite da exaustão não apenas te ajudará a não ter que esperar pelo próximo aparelho, mas também a ganhar e desenvolver muito mais a sua fibra muscular.

Esse sistema de treinamento funciona como uma rotina de choque, a qual deve ser seguida apenas por um tempo específico, a recomendação é de quatro semanas.

Cada repetição te ajudará a programar o seu sistema nervoso em sincronia com a contração de cada fibra muscular e, obviamente, uma melhor sincronização significa um melhor treinamento, o qual por sua vez resulta em grandes e visíveis ganhos em força no final destas quatro semanas.

Temos que considerar alguns fatores para o sucesso do programa que acima mencionamos:

  • É importante que apenas treine os músculos que tocam nesse dia, devido à intensidade da rotina.
  • Asseguramos que levar ao pé da letra esta rotina e mantendo uma boa intensidade não querendo treinar nenhum outro grupo muscular, ou seja, concentrar-se na perfeita execução dos exercícios, de fazê-los bem, garantimos que você vai obter um aumento substancial em sua força e na hora de se olhar no espelho notará os seus músculos como nunca antes.

Adeus estagnação! Olá, anabolismo muscular!

Você terá que carregar 10% a menos do que o habitual, a princípio você se sentirá mais leve, mas lembre-se que a idéia é aumentar o número de séries e é importante que você possa completá-las e não deixar o exercício pela metade.

Certifique-se de descansar entre cada série de 1 – 2 minutos, a chave para terminar a rotina é o descanso apropriado.

Pode parecer muito pouco sofisticada esta rotina, mas garantimos que seguindo ao pé da letra você notará a diferença, lembre-se que esta é uma rotina para 4 ou no máximo 5 semanas.