O leite pode ser dividido em dois grupos principais de proteínas. A caseína é responsável por 80% da proteína do leite. Os 20% restantes contém um grupo de proteínas conhecidas coletivamente como proteínas do soro.

A maioria de nós está muito familiarizada com a proteína de soro de leite e acreditamos que é uma parte essencial da dieta de atletas que procuram aumentar a sua massa muscular. A proteína de soro de leite é bem conhecida por sua fácil digestão e absorção rápida, o que é muito importante imediatamente após uma sessão de exercício. No entanto, menos conhecido é o papel que pode desempenhar a caseína na construção muscular.

Não existe dúvida de que a proteína de soro de leite é uma proteína de alta qualidade que tem um grande perfil de aminoácidos para os fisiculturistas, atletas e pessoas em geral.

No entanto, verificou-se que o soro é digerido e fornece aminoácidos muito rapidamente para permitir requisitos anabólicos muitas horas após a ingestão. A caseína micelar é excelente, já que é capaz de cobrir este buraco e proporcionar uma libertação lenta de aminoácidos para manter o anabolismo muscular. Isso pode ajudar a evitar o catabolismo muscular entre as refeições.

A caseína, cujo nome provém do latim Caseus, “queijo”, provém de uma família de fosfoproteínas (alfa S1, αS2, β, κ).

Estas proteínas são normalmente encontradas no leite de mamíferos, constituindo 80% da proteína do leite de vaca e 20% a 45% das proteínas do leite humano.

A caseína tem uma variedade de utilizações, é um componente importante do queijo, se utiliza como um aditivo alimentar e como uma grande fonte de alimento, já que fornece aminoácidos, carboidratos e dois elementos inorgânicos, cálcio e fósforo.

Existem diferentes formas de caseína e podem ser agrupadas como caseína solúvel e insolúvel. Dependendo da sua solubilidade, estas formas de caseína têm propriedades e aplicações muito diferentes.

A caseína micelar representa aproximadamente 80% da proteína encontrada no leite. É relativamente hidrofóbica, por isso é pouco solúvel em água, no entanto, os grânulos de micelas de caseína permanecem como uma suspensão coloidal no leite. Para sua extração, se utiliza um processo de ultra filtração que separa estas micelas e a caseína pode sair da solução, sem a utilização de produtos químicos. É uma proteína não desnaturada, isto mantém a sua estrutura globular natural que aumenta a quantidade de peptídeos bioativos do leite, que ajudam a função imunológica.

O caseinato de cálcio é uma proteína produzida a partir da caseína no leite desnatado. A caseína é relativamente insolúvel em água e se separa facilmente de outras proteínas do leite, açúcares e sais minerais.

Após a sua eliminação, a caseína é solubilizada a um pH elevado, com o hidróxido de cálcio e, em seguida, a solução se seca (normalmente se seca por pulverização).

Ambas as proteínas se utilizam como uma proteína de liberação prolongada, devido à sua tendência para formar um gel no intestino delgado e liberar os aminoácidos na corrente sanguínea gradualmente o que a converte em uma excelente escolha de proteína anti-catabólica de longa duração.

A maioria dos atletas tendem a usar tanto a caseína micelar quanto o caseinato de cálcio antes de dormir para evitar o catabolismo muscular, para complementar à proteína de soro de leite depois de um treinamento ou entre as refeições para manter um estado anabólico durante várias horas.

No entanto o caseinato de cálcio é mais solúvel do que a caseína, o que significa que se dissolve melhor em líquidos e sua digestão é mais rápida. A caseína é digerida mais lentamente do que o caseinato, podendo chegar a proporcionar aminoácidos à corrente sanguínea depois de 6-7 horas após ser ingerida.

Por isso, a caseína micelar é uma excelente opção para tomar antes de ir para a cama e o caseinato é perfeito para completar o batido de proteína de soro de leite depois de um treinamento físico e para tomar entre as refeições e manter o anabolismo muscular.

Caseína Micelar

Prós

  • Não é desnaturada durante o processo de extração.
  • Tem uma pureza mais elevada.
  • Tem maior concentração de peptídeos bioativos.
  • Ideal para tomar antes de dormir, já que proporciona uma digestão mais prolongada.

Contras

  • É mais cara.
  • Pode causar sensação de peso no estômago.
  • Baixa solubilidade.

Caseinato de Cálcio

Prós

  • Ideal para tomar depois de um treinamento, já que oferece uma digestão mais rápida do que a caseína.
  • É mais barato.
  • Mais fácil de digerir.
  • É mais solúvel.

Contras

  • É desnaturada durante o processo de extração e pode perder as suas propriedades.