Todos nós temos ouvido dos alimentos pro bióticos ou prebióticos, mas o que são os alimentos funcionais? Será que realmente existem diferenças entre eles? Qual a função que eles têm no organismo?

Através deste artigo, vamos tentar resolver algumas destas dúvidas.

O Que São Alimentos Funcionais?

São alimentos modificados, com a particularidade de que alguns dos seus componentes afetam as funções vitais do organismo de forma positiva.

Oferecem benefícios para a saúde reduzindo os riscos de sofrer doenças. Entre alguns alimentos funcionais destacamos os que contêm determinados minerais, vitaminas, ácidos graxos ou fibras alimentícias, os alimentos aos quais foram adicionadas substâncias biologicamente ativas, como os iogurtes com bifidus. O conceito de alimentos funcionais aglutina os grupos; prebióticos, pro bióticos e simbióticos.

Diferenças Entre Alimentos Pro Bióticos, Prebióticos e Simbióticos

Os alimentos pro bióticos incluem microrganismos vivos que quando são administrados em quantidades adequadas conferem benefícios para a saúde das pessoas.

Estes micro-organismos ajudam a fortalecer o sistema imunitário e também podem sobreviver a uma digestão chegando ao cólon vivos e ajudando a restabelecer a flora intestinal, que pode ter sido alterada por diversas causas.

Esses microorganismos ajudam a saúde gastrointestinal do corpo humano, por isso são elementos-chave em nossa saúde e bem-estar em geral.

Isto é particularmente certo se levarmos em conta que muitas das doenças crônicas comuns começam no sistema digestivo. Os produtos lácteos, como o yogurte, o leite e o queijo de cabra são produtos com alto teor de elementos pro bióticos.

Por outro lado temos os alimentos prebióticos que estimulam o crescimento e a atividade de bactérias benéficas na flora intestinal.

Ao contrário das bactérias vivas dos pro bióticos, os prebióticos são apenas substâncias sem vida que ajudam a potencializar os efeitos benéficos dos micro-organismos pro bióticos. Os prebióticos provêm das fibras dos carboidratos chamados oligossacarídeos.

Os oligossacarídeos não são digeridos, por isso permanecem no trato digestivo e estimulam o crescimento de bactérias benéficas. Fontes de oligossacarídeos incluem frutas, legumes e grãos integrais.

Os alimentos simbióticos são aqueles que contêm produtos prebióticos e pro bióticos. Contêm um componente prebiótico que favorece o efeito dos benefícios positivos dos compostos pro bióticos.

Os pro bióticos são um tipo de bactéria viva que pode ser muito benéfica para a sua saúde, se tomada nas quantidades apropriadas.

Esta bactéria amigável, que se encontra no trato gastrointestinal vem em uma variedade de formas. Com mais de 400 bactérias diferentes que vivem no trato gastrointestinal humano, as formas mais comuns dos pro bióticos intestinais L. acidophilus e Bifidobacterium bifidum.

Estas bactérias atuam como agentes para restaurar o equilíbrio hostil, agentes patogênicos do intestino, tais como a bactéria Candida ou E. coli.

Quando as “bactérias boas” não estão suficientemente presentes no organismo aparecem uma série de problemas de saúde associados com as bactérias, tais como dor de estômago, dores de cabeça, letargia, irritabilidade, cadidiasis (um crescimento excessivo da bactéria Candida albicans).

O Lactobacillus acidophilus é possivelmente o mais forte dos nossos combatentes pro bióticos.

Os estudos mostram que L. acidophillus é como um antibiótico natural em nosso corpo que tem a capacidade de produzir uma ação antimicrobiana contra os patógenos nos alimentos que consumimos, no ar que respiramos, e nas coisas que entram em contato conosco.

O estresse, o estilo de vida pouco saudável, e o mais importante, as dietas não saudáveis, destroem as nossas quantidades naturais de micro-organismos pro bióticos. Neste sentido, é uma boa ideia adicionar um suplemento de pro bióticos à nossa dieta.

Os Benefícios Para a Saúde dos Pro Bióticos

Os seguintes benefícios estão associados com a ingestão de doses diárias de pro bióticos:

  • Melhora a resposta do sistema imune.
  • Reduz os efeitos negativos de tomar vários tipos de antibióticos.
  • Ajuda na prevenção e tratamento da inflamação do cólon após cirurgia.
  • Ajuda a prevenir o eczema na juventude.
  • Aumenta a capacidade de digerir alimentos.
  • É terapêutico para as infecções virais das vias respiratórias, melhorando o sistema imunológico em geral.
  • Reduz a intolerância à lactose.
  • Reduz a incidência das infecções por leveduras, vaginite e candidíase.
  • Aumenta a capacidade de absorver os nutrientes dos alimentos.
  • Alivia muitos distúrbios digestivos comuns, tais como a constipação e a diarreia.
  • Atua como um remédio para o mau hálito (halitose).
  • Aumenta a capacidade de sintetizar a vitamina B.
  • Aumenta a capacidade de absorver o cálcio.
  • Promove a atividade antitumoral e anticancerígena do organismo.