A arnica é uma planta de montanha (Alpes e Pirineus), que cresce de 30 a 50 centímetros de altura, com folhas de cor verde ovais, raízes avermelhadas, finas e de flores amarelas.

Contêm óleos essenciais, arnicina (a mais importante quanto a sua atividade terapêutica), glicosídeos, flavona e caroteno magnesia.

Propriedades Curativas

Sua principal propriedade é aumentar a circulação sanguínea local. Por isso é muito utilizada em casos de contusões, inchaços, hematomas, entorses e dores musculares. Também alivia a dor e melhora a fraqueza muscular e nervosa.

Remédios Caseiros a Base de Arnica

  • Remédio para os pés doloridos e cansados com arnica: adicione algumas gotas da tintura de arnica em um balde contendo água quente e em seguida, introduza os pés nesta preparação.
  • Remédio para curar golpes e reumatismo: aplique panos de cozinha de 2.5 gramas de raízes e folhas de arnica para meio litro de água. Outra alternativa é friccionar a área afetada com panos que contenham a tintura de arnica.
  • Se você deseja elaborar a tintura, deve macerar 20 gramas de flores secas em 80 gramas de álcool a 90° (uma alternativa poderia ser um copo de gin, brandy ou vodka).

    O álcool deve ser o suficiente para cobrir as flores. Em seguida, filtre e armazene num frasco de vidro escuro bem fechado durante 9 dias. Agite a mistura várias vezes por dia. Após esse período de tempo, adicione a tintura em gotas nas pomadas para massagem local (trauma, hematomas, dores reumáticas e musculares).

  • Remédio para neuralgia com arnica: dilua 1 colher de sopa de tintura de arnica em 5 colheres de sopa de água e esfregue as áreas doloridas com a solução. Repita isso várias vezes ao dia.
  • Remédio para lumbago com arnica: dilua a tintura de arnica (1 colher de sopa de tintura de arnica em 5 colheres de sopa de água) porque a arnica possui um efeito analgésico e antiespasmódico e evita os processos inflamatórios.
  • Remédio para varizes com arnica: esfregue com suavidade as pernas com tintura de arnica diluída. Adicione uma colher de sopa de tintura de arnica para um litro de água.
  • Os invólucros são aplicados várias vezes ao dia sobre a área afetada, e, depois de curar a inflamação, esfregue a área da inflamação durante várias semanas com a tintura de arnica diluída. As úlceras da perna também podem ser tratadas com invólucros de arnica.

  • Remédio para as hemorroidas com arnica: dilua uma colher de sopa de arnica em 5 colheres de água e com a ajuda de uma bola de algodão embebida com esta preparação aplique sobre a área das hemorroidas. Se tiver a possibilidade de realizar um banho de assento, muito melhor. Neste caso, dilua duas colheres de sopa da tintura em 2 litros de água quente e adicione ao banho de assento.
  • Remédio para amigdalite com arnica: adicione de 5 a 10 gotas de arnica em um copo de água morna e faça gargarejos profundos e prolongados.

Precauções

• Não se recomenda o consumo interno de arnica, já que em grandes quantidades, dá lugar a intoxicação, com sintomas tóxicos, tais como vômitos, diarreia, sangramento, e até mesmo a morte.

• Quando aplicado externamente o óleo essencial de arnica, deve-se fazer de forma diluída, já que pode danificar a pele.

• Não aplique arnica em locais onde há uma ferida aberta.

• Se ao aplicá-la pela primeira vez você notou que surgiu uma erupção cutânea, deve-se interromper o uso.

• O uso prolongado do extrato de arnica em altas concentrações pode resultar em bolhas, úlceras da pele e necrose da superfície.