A cólica infantil é um espasmo ou contração dolorosa do intestino.

A grande maioria dos bebês experimentam estas cólicas durante os primeiros três meses de vida e são mais intensas entre a quarta e sexta semana e, então vão desaparecendo gradualmente.

Ainda não foi possível determinar com exatidão o que causa as cólicas.

No entanto, a sua ocorrência está relacionada a:

  • Inconveniente técnica de alimentação: o bebê está sugando excessivamente muito ar quando se alimenta do peito da mãe ou da mamadeira.
  • Excesso de alimentação ou fome: tanto a fome quanto a alimentação excessiva aparentemente podem causar cólicas.

Entre os sintomas mais comuns temos:

  • Contração das pernas em sinal de dor.
  • Choros frequentes e prolongados diferentes dos de fome.
  • Expulsão de gases.
  • Rosto vermelho.

Existem vários remédios caseiros e algumas recomendações que ajudam as mães cujos bebês sofrem de constantes cólicas e, que em seguida, apresentamos:

Remédios Caseiros Para Cólicas em Bebês

  • Mergulhe um palito de hortelã na água, e em seguida, dê ao bebê uma mamadeira de água com o sabor. Não se deve fornecer o óleo de hortelã puro para o bebê, já que poderia ser muito forte para o seu estômago.
  • Prepare uma infusão de camomila (10 gramas) em 150 ml. de água e dê para o bebê várias colheradas durante o dia.
  • Coloque sobre o estômago do bebê uma bolsa aquecida envolta em uma toalha (certifique-se que não esteja muito quente).
  • Estenda seu braço com a palma para cima, em seguida, coloque o bebê (sobre o seu braço) com o peito para baixo, com a cabeça em sua mão e as pernas de cada lado do cotovelo. Segure o bebê com a outra mão e caminhe pela casa com o bebê nesta posição. A vibração ao caminhar acalma o bebê.

Recomendações

Evite o consumo, por parte da mãe, de leite de vaca. Alguns estudos têm mostrado uma diminuição na frequência de cólicas em bebês depois que as mães que amamentam deixam de consumir produtos lácteos. Além disso, é importante evitar a ingestão de bebidas que contenham chocolate, cafeína e alimentos como bananas, laranjas, morangos e alguns condimentos picantes.

Mantenha a calma. Muitos médicos recomendam que as mães não se desesperem ou fiquem nervosas no momento em que o bebê têm cólicas, já que é um transtorno próprio dos primeiros meses de desenvolvimento da criança.

Dê um banho. Muitos médicos recomendam dar um banho de 20 a 30 minutos com água quente quando o bebê está chorando por causa de cólicas.

Mantenha um calendário. É aconselhável manter um registro da frequência e duração dos episódios de cólica para determinar se houve um declínio ou permanência. Todos os eventos do calendário podem te ajudar se você desejar receber apoio de um pediatra.

Faça o bebê arrotar. Verifique a posição do bebê quando é alimentado (é bom fazê-lo na posição vertical) e tente fazê-lo arrotar com frequência. Quando a alimentação é através da mamadeira, faça-o arrotar depois de cada 30 ml. (as mamadeiras são graduadas). Teste também todos os bocais necessários para mamadeiras até encontrar um que é coberto com leite para o bebê não engolir ar.

Coloque ruídos monótonos. O som de um aspirador de pó parece acalmar um bebê com cólica. Foi o caso de um pai que registrou em uma fita o som de um aspirador de pó e começava a tocá-la quando o bebê estava desconfortável e este então se tranquilizava.

Consulte o seu médico se o bebê consome leite de vaca e ainda está sofrendo de cólicas muito fortes após os primeiros três meses de vida, já que, talvez, seja necessário mudar a fórmula.