A gastroenterite é uma das doenças diarreicas mais comuns durante o verão entre a população, devido principalmente à ingestão de alimentos que se decompõem como consequência do calor e das altas temperaturas próprias da estação, quer conhecer alguns remédios naturais para tratar esta inflamação do intestino?

Além das doenças de caráter respiratório como a faringite ou a bronquite, a otite ou inflamação do ouvido, doenças da pele, como dermatite alérgica ou infecção por fungos ou infecções diversas nas mucosas, a esta lista de doenças mais comuns no verão temos que acrescentar gastroenterite.

Em nossas mãos, temos a capacidade para conter esses tipos de condições, realizando uma série de hábitos saudáveis em nossa vida diária que te permitirá evitar os desagradáveis sintomas dessa doença, ao mesmo tempo em que poderá desfrutar ao máximo das suas férias de verão.

No caso específico de gastroenterite é essencial cuidar ao máximo dos nossos hábitos e medidas de higiene em todas as áreas da nossa vida cotidiana, desta forma evitaremos o ataque ou ameaça de determinadas bactérias ou vírus que afetam o nosso organismo. A este respeito, é preciso, por exemplo, lavar bem as mãos após usar o banheiro, se manejamos as fraldas de bebês, se tivemos contato com doentes ou tocamos os bancos dos transportes públicos. Da mesma forma, temos que assegurar que os menores da casa, mantenham as mãos limpas, especialmente se estiveram brincando na rua.

Leia também: “Gastroenterite aguda“.

Por outro lado, devemos evitar o consumo de frutos do mar crus ou que não estejam frescos, beber água potável fervida, ingerir líquidos com frequência e manter-se hidratado sempre que possível, lavar a casca dos ovos antes de comê-los, lavar frutas e verduras antes de incluí-las em nossos pratos habituais, refrigerar os produtos lácteos, carnes ou cremes e, se formos viajar, levar uma garrafa de água com selo de aprovação.

Desta forma, estaremos na frente quanto à gastroenterite, antes que afete o nosso organismo. A gastroenterite de caráter infeccioso é uma inflamação que afeta o nosso intestino, como consequência de germes ou toxinas procedentes de alimentos deteriorados, por exemplo, ou por falta de higiene em geral, que alterará a sua capacidade para regular a absorção e a secreção de sais e água, provocando casos de diarreia, um dos sintomas mais comuns.

As doenças diarreicas, segundo confirmam diversos estudos oficiais, são a causa da morte de mais de 4 milhões de pessoas em todo o mundo, um fato que realmente deveria colocar o alarme na prevenção e cuidados de higiene que devemos incluir em nossa vida diária. A gastroenterite pode ser causada pelo ataque de diversos micro-organismos patogênicos, tais como bactérias, vírus ou parasitas. Tal é a sua influência e capacidade de expansão, que a gastroenterite viral é a principal causa de diarreia infecciosa entre as crianças.

Além da diarreia, especificada nas linhas anteriores, a gastroenterite apresenta muitos sintomas, tais como, por exemplo, náuseas e vômitos, dores de cabeça frequentes, cansaço e fadiga, acúmulo de gases na área abdominal, dor nos músculos, dores de estômago irritantes e, ocasionalmente, febre de caráter leve, dependendo dos casos.

Quando a doença de fato tomou o controle do nosso organismo, as medidas preventivas especificadas antes perdem a sua razão de ser e devem entrar em ação os remédios para tratar esta inflamação no nosso intestino. Entre os remédios naturais, podemos destacar os seguintes:

  • Para aqueles episódios de diarreia aguda é fundamental uma abundante hidratação a base, por exemplo, de sucos caseiros naturais ou de preparações com açúcar e sal que você pode elaborar de forma caseira ou comprar em farmácias.
  • No caso das bebidas, devemos evitar acima de tudo, os refrigerantes com cafeína, porque aumentam os casos de diarreia por ativar a secreção intestinal.
  • Além disso, é preciso evitar a ingestão de produtos lácteos, porque infecções intestinais, geralmente, são responsáveis por danificar e afetar as funções da enzima responsável pela digestão das proteínas do leite ou lactose.
  • Dependendo da situação e do estado imunológico que apresenta o paciente, é possível administrar antibióticos, utilizados em última instância para encurtar a duração da doença de forma mais imediata.
  • Por outro lado, o gengibre é muito eficaz para combater alguns dos sintomas da gastroenterite, tais como náuseas e vômitos. Neste sentido, quando os vômitos não são muito frequentes e o organismo se acostuma a uma ingestão correta de líquidos, é possível tomar uma infusão de gengibre com anis estrelado.
  • Por outro lado, o anis ao apresentar propriedades carminativas nos ajudará a combater a acumulação de gases intestinais ou a formação de irritantes cólicas, permitindo-nos expulsar todos esses gases acumulados em nosso interior.
  • No momento em que você já puder começar a ingerir alimentos sólidos, o ideal é incluir frutas como uma maçã ralada por dia. A casca desta fruta deixaremos oxidar até adquirir uma tonalidade amarelada, esta etapa na preparação é essencial, porque é quando a maçã se torna adstringente e nos ajudará a evitar os episódios de diarreia.
  • Os líquidos devem ser tomados em pequenos goles ao longo do dia para nos mantermos hidratados e reduzir os casos de vômitos.

E você? Você já sofreu de gastroenterite em alguma ocasião? Que remédios naturais utilizou?