Ter mau hálito não incomoda apenas a nós mesmos, mas sim a todos que estão a nossa volta, pode ser muito irritante para outras pessoas, pela vergonha de mencionar o mau cheiro.

Aqueles que sofrem de mau hálito são muito afetados em sua vida social. Para resolver este problema, a primeira coisa é descobrir as causas, o que pode ser devido a uma doença intestinal ou má higiene oral.

Às vezes não é consciente, mas a sua respiração produz um odor desagradável, que pode afetar suas relações sociais. Em qualquer caso, ter hálito fresco está diretamente ligado a uma boca saudável e limpa, por isso exige uma escrupulosa higiene oral.

Causas alimentares e digestivas

Durante a digestão, determinados alimentos podem afetar temporariamente o odor da respiração, como cebola crua, alho, molhos, gorduras e álcool. Embora estas sejam muitas vezes as principais causas do desagradável odor, o melhor é tentar evitar.

Destruir o mau hálito

Um antiácido, um pouco de sal, bicarbonato de sódio ou fruta podem ajudar a acelerar a digestão, e fazer o tempo ruim passar.

Azia pode afetar a respiração e cheirar mal, mesmo que a pessoa não sofra desconforto digestivo. O tabaco e o álcool tendem a produzir este efeito, que imediatamente revelam que aqueles que fumam ou bebem excessivamente, tem maior risco de ter mau hálito.

Problemas dentários

Eles normalmente são a causa mais comum do mau hálito persistente. Cavidades, peças deslocadas, etc. Problemas gengivais são focos de infecção e os lugares onde a comida tende a ser mantida produzem um cheiro forte e desagradável.

A primeira solução é ir ao dentista, escovar os dentes após as refeições e usar fio dental, escova interdental para remover todos os vestígios que permanecem entre os dentes, onde apodrecem e causam odor.

Se a aparência de uma boca não é boa (cavidades, buracos, dentes quebrados, falta de componentes), é bem provável que o cheiro também não será, uma vez que a comida tende a ser mantida em todos os lugares.

Todas as infecções e inflamações da boca, da garganta e das vias aéreas ainda causam mau cheiro (faringite, amigdalite…).

Sinusite e rinite também causam esse problema.

O que devo fazer?

A primeira coisa é começar a lavar os dentes pelo menos de 3-5 minutos, se você tiver problema de mau hálito lave-os sempre que precisar. Tenha um bom material de higiene bucal.

Uma boa escova de dentes (elétrica ou não), que seja substituída a cada três meses.

O fio dental.

Escova interdental.

Mouthwash.

Além disso, você deve ir ao dentista periodicamente para corrigir problemas dentários ou doenças que a gengiva pode apresentar.

Você também deve controlar a azia e evitar os alimentos que fazem você se sentir mal (molhos, picante, cebola e alho cru, os pratos marinados…).

Se o problema persistir passaremos a seguir algumas soluções:

Remédios

Você pode usar algumas dicas caseiras para ajudá-lo:

Mastigue folhas frescas de hortelã ou salsa por 10-15 minutos.

Mastigue um pedaço de limão depois das refeições.

Depois de escovar os dentes, lave a boca com água morna e ponha uma pitada de bicarbonato de sódio na boca.

Use balas ou chicletes sem açúcar, para momentos de emergência.

Sempre leve uma escova de dentes, creme dental e, se puder, um enxaguante bucal, refrescando assim seu hálito.

As farmácias vendem sprays para mau hálito.

Evite cebola fresca, óleo de alho ou molhos pesados (tipo Roquefort) ou picante. Uma maçã para a sobremesa vai ajudá-lo a limpar sua boca.

E imprescindível não fume ou beba.