A gengivite é uma inflamação das gengivas que circundam os dentes. É uma das muitas doenças periodontais que afetam a saúde dos periodonto-tecidos em torno dos dentes e das gengivas, dos tecidos moles e osso.

Esta doença leva a sofrer de gengivite crônica, retração gengival e pode causar danos permanentes aos dentes.

Os sintomas da gengivite são inchaço, vermelhidão, dor e sangramento nas gengivas, hálito fétido e retração e inflamação das gengivas.

A melhor assistência domiciliar para gengivite é a prevenção, são necessárias visitas regulares ao dentista para remover o acúmulo de placa bacteriana. Uma vez que o dentista remove a placa bacteriana, a escovação e o uso de fio dental minimizam a formação da mesma.

A primeira coisa a fazer para o tratamento da gengivite é remover a fonte de infecção e, em seguida a escovação regular dos dentes com uma pasta de dentes com flúor, desta forma a formação de placa bacteriana pode ser minimizada. Outro meio de eliminar a placa bacteriana é usar o fio dental, passando-o entre os dentes e outras áreas de difícil acesso.

Os check-ups regulares com o seu dentista são muito importantes para eliminar a placa mais densa, que não pode ser eliminada com uma escova de dente e fio dental.

Quando a gengivite for grave, é possível utilizar antibióticos e a consulta com um dentista. Os antibióticos devem ser utilizados desde que sejam prescritos pelo dentista, para ajudar o sistema imunológico a combater a infecção bacteriana do corpo e tem sido mostrado que reduz a placa, e mantêm as bactérias em um nível aceitável.

Leia também: “Alimentos Para Evitar A Gengivite“.

A higiene diária bucal e dental, assim como as visitas regulares ao dentista fazem parte de uma boa rotina de acompanhamento. O tratamento de doenças subjacentes também é necessário para evitar a gengivite.