As crises de ansiedade são respostas emocionais que o nosso corpo dá quando estamos passando por uma situação de conflito.

Apesar da ansiedade ser um termo que se relaciona com o negativo, trata-se de emoção natural necessária como medo, alegria ou tristeza.

A ansiedade nos avisa quando estamos em situações de ameaça. É uma emoção que temos quando estamos diante de situações que causam medo ou opressão.

Todos em algum momento da vida, possivelmente, já a experimentaram.

A ansiedade pode ocorrer quando existem mudanças significativas em nossas vidas. Algumas questões que nos preocupam como a saúde, o trabalho ou os problemas pessoais são terreno fértil para provocar um estado de ansiedade.

O problema é quando as tensões se tornam crônicas de forma que a ansiedade seja incontrolável. Isso acontece quando existem problemas de relaxamento, dificuldades para dormir ou falta de concentração. Nesse caso, convém buscar um médico para iniciar um tratamento.

É uma condição que causa alguns desconfortos, como tremores, espasmos, tensão muscular, dores de cabeça, ondas de calor, irritabilidade, tonturas, náuseas ou inclusive taquicardia.

Isso geralmente acontece quando nos preocupamos de forma excessiva com algum evento em nossas vidas que nos impede de nos relacionarmos naturalmente. Pode chegar a produzir insegurança em nossas relações sociais.

Nem sempre a ansiedade pode ser controlada. Às vezes, é um sintoma de outras doenças mais graves, como depressão, distúrbios alimentares, fobias e vícios, entre outros.

Por isso é muito importante consultar o seu médico para que você possa determinar a origem dos ataques de ansiedade.

Para tratar esta doença frequentemente se recorre à terapia cognitivo-comportamental, técnicas de relaxamento, terapia de grupo ou uso de medicamentos, desde que seja necessário.