A disfunção erétil pode estar ligada a problemas cardíacos, segundo um estudo publicado esta semana no Jornal of American Medical Association.

O trabalho, liderado por Ian Thompson, do centro de ciências da saúde da Universidade do Texas em San Antonio, foi realizado com 9.500 homens com mais de 55 anos.

A pesquisa mostra que aqueles sem um histórico de problemas cardíacos que procuraram ajuda para problemas de disfunção erétil tinham uma chance 25% maior de sofrer uma doença cardiovascular no prazo de cinco anos.

O risco de sofrer um ataque cardíaco ou angina aumentou 45%, quando os homens tinham problemas cardíacos.

“Os dados fornecem a primeira evidência de um vínculo estreito entre a disfunção erétil e o posterior desenvolvimento de ‘incidentes’ do coração”.

Entre os 600 mil americanos entre 40 e 69 que são tratados anualmente para disfunção erétil, um número “significativo” não comparece a revisões periódicas, isso é uma boa oportunidade para o médico verificar a existência de problemas coronários e prescrever uma medicação.

Cerca de 10 milhões de homens nos Estados Unidos sofrem de disfunção erétil e cerca de 100 milhões sofrem em todo o mundo.

A impotência, “disfunção erétil” é a incapacidade de obter ou manter uma ereção suficiente para um desempenho sexual satisfatório.

Conheça alguns remédios caseiros para tratar a disfunção erétil ou impotência através da leitura do artigo “Impotência Sexual – Remédios Caseiros para Impotência Sexual”.