Crianças que são maltratadas ou não são bem cuidadas são mais vulneráveis a sofrerem de depressão grave quando adultas, alertou um estudo divulgado recentemente.

A probabilidade de uma criança sofrer de depressão quando crescer aumenta 59% se a criança foi submetida a abuso físico, enquanto esse percentual chega a 75% nas crianças que se submetem a vários tipos de abuso.

Os autores do estudo chegaram a esses resultados depois de comparar 676 crianças que sofreram abusos ou foram maltratadas antes da idade de onze anos com um grupo de 520 crianças que foram bem tratadas.

Os cientistas verificaram seu desenvolvimento até a idade de 29 anos.

Estes resultados mostram que a depressão começou na infância para muitas crianças, diz o estudo, conduzido por Cathy Spatz Widom.

Esta descoberta, reforça a necessidade de intervir precocemente na vida dessas crianças que sofrem abuso e abandono, antes que os sintomas da depressão se espalhem para outras áreas e se tornem irreversíveis.