Para muitas pessoas, a abstinência sexual tornou-se uma opção de vida, seja porque querem evitar uma gravidez ou porque desejam evitar doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Para outras, é algo forçado pelas circunstâncias, por exemplo, porque não tem um parceiro. Definitivamente, deixar de ter relações sexuais, pelo tempo que for, é uma decisão muito pessoal.

Mas, independentemente do que as pessoas pensam sobre a abstinência, é uma escolha saudável? Ou não ter relações sexuais pode ter consequências para a sua saúde? Aqui vamos te contar mais sobre o assunto.

Abstinência Sexual Faz Mal?

Independentemente dos preconceitos e motivações para não ter relações sexuais, talvez você já tenha se perguntado se a abstinência é prejudicial à saúde, já que os benefícios de ter uma vida sexual ativa, também têm sido discutidos em diversos estudos.

Abstinência Sexual Faz Mal?

Diz-se que o sexo é bom para o coração e o sistema cardiovascular, para a pele, o sistema imunológico e que melhora os níveis de estresse, faz com que possamos dormir melhor e aumenta a autoestima.

Mas se você decidir deixar o sexo de lado, não irá afetar diretamente como aconteceria com não comer, por exemplo. Alguns especialistas na área, como o Dra. Debra Herbenick da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, diz que a abstinência é saudável ou não, dependendo das circunstâncias que a rodeiam.

Ou seja, é bom se você quiser evitar a gravidez a todo custo, se você não quer se colocar no menor risco de ter uma doença sexualmente transmissível ou se você está em um relacionamento destrutivo. Ou seja, se te causa menos estresse, então, a abstinência pode ser saudável.

Por outro lado, a abstinência pode ser prejudicial quando uma pessoa não tem escolha, mas as circunstâncias a obrigam. Ou seja, você quer ter relações sexuais, mas não tem um parceiro. Isso também pode ser muito estressante emocionalmente e psicologicamente.

Além disso, não ter relações sexuais por um longo tempo também te priva dos benefícios à saúde, antes mencionados.

De qualquer forma, abster-se ou não é uma decisão que se é voluntária, deve-se tomar consciência e colocar tudo, bom e ruim, em uma balança.

Aprender a amar seu corpo é uma excelente ideia para ter uma vida sexual saudável e segura. Se você decide não ter relações sexuais por outras razões, também deve estar convencido disso.

Como você pode ver, em si, a abstinência não é boa ou ruim em si mesma, tudo depende da razão pela qual você a adota.

Se você tiver dúvidas a respeito do seu caso pessoal, consulte um profissional qualificado.

Denise Cipolli Terapeuta Holística

Denise Cipolli
Terapeuta Holística
Denise A. Ribeiro Cipolli possui mais de 5 anos de experiência em terapia holística e é formada pela UHB Universidade holística Do Brasil de Guaratinguetá desde 2012.