Alergia Ao Pólen: O Que É, Causas, Sintomas E Tratamentos

Uma alergia indica sensibilidade a uma substância normalmente inofensiva para o organismo. A substância estranha que provoca uma reação, pode ser um alimento, partículas de poeira, uma droga, veneno de insetos, esporos de fungos, assim como pólen das plantas. E hoje vamos te explicar o que é, causas, sintomas e tratamentos para tratar a alergia ao pólen.

O Que é o Pólen?

As plantas produzem grãos redondos ou ovais chamados pólen para se reproduzir. Algumas espécies usam o pólen de suas próprias flores para fertilizar a si mesmas, outras utilizam a polinização cruzada, em que para produzir a fertilização o pólen deve ser transferido da flor de uma planta para outra planta da mesma espécie.

Alergia ao Pólen: O Que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Esse trabalho de polinização cruzada requer agentes externos. Os insetos são aqueles que fazem este trabalho para determinadas plantas com flores, enquanto que outras plantas dependem do transporte do vento, transformando esta última situação na responsável pelas grandes concentrações de pólen.

É preciso distinguir o pólen das sementes com "penugem branca" que são as que aparecem nas plantas na primavera. Estas penugens não são a causa da alergia, a realidade é que a produz o pólen que se encontra na atmosfera.

Leia também: "Crianças e Alergia ao Pólen".

Como É A Alergia ao Pólen:

Nas pessoas que não são alérgicas ao pólen a mucosidade das fossas nasais, simplesmente move essas partículas estranhas para a garganta, são engolidas ou tossidas, mas algo diferente acontece com uma pessoa sensível ao pólen.

Quando uma pessoa tem alergia ao pólen o que acontece é que um agente (o pólen) é percebido pelo pela pessoa e o sistema imunológico desta pessoa reage. Isso acontece quando o pólen entra em contato com o trato respiratório, olhos e pele onde o corpo age se defendendo liberando substâncias químicas como a histamina, que á que provoca os sintomas principais de alergia, ou seja, espirros e olhos lacrimejantes, entre outros.

Para que você possa entender melhor, em uma pessoa com sensibilidade ao pólen (polinose) se produz uma reação em cadeia que conduz os mastócitos nestes tecidos a liberação de histamina. Esta poderosa substância química dilata muitos vasos sanguíneos pequenos no nariz, assim os fluídos de escape através destas paredes com vasos dilatados, faz com que as fossas nasais se inchem e o resultado é a congestão nasal e a rinite.

No caso dos olhos, o processo é o mesmo. O organismo em seu esforço para eliminar este elemento invasor dilata os vasos e produz lacrimejar para poder arrastar os alérgenos fora da mucosa ocular.

Ainda não existe nenhum tratamento 100% eficaz para combater as alergias. A vacinação é, até à data, o único método que melhora a situação (reduz a sensibilidade), mas isso não impede que no futuro você desenvolva alergias a outros elementos.

Causas da Alergia ao Pólen:

A comunidade médica tem visto nos últimos 50 anos anos os casos de alergia ao pólen também conhecida nos Estados Unidos como febre do feno se multiplicam todos os anos. Muitas teorias clássicas têm apontado para essa sensibilização do organismo diante desses elementos inofensivos para o corpo.

Se compararmos os dados de pessoas alérgicas em grandes cidades em relação aos ambientes rurais, verifica-se que a percentagem de pessoas afetadas é incrivelmente superior nas cidades em relação ao campo. A realização de diversos estudos a respeito apontam que a poluição e, especificamente, os elementos pesados (partículas relacionadas com o diesel) favorecem o desenvolvimento desta sensibilidade.

Mas nestes últimos anos as investigações continuam avançando e são muitos os cientistas que começam a discutir sobre a alergia, como uma evolução do sistema imunológico diante da vida industrializada onde se encontram tantos elementos tóxicos no ar (restos de plástico, poluição) dos quais muitos deles são diruptores hormonais que provocam anomalias graves em nosso organismo. Desta maneira, o nosso corpo afetado se volta para expulsão desses alérgenos através dos sintomas que mencionamos abaixo.

Assim que a principal causa é a poluição onde os veículos, a indústria e os aquecimentos emitem diesel e provoca que o ambiente seja hostil. O pólen que se encontra nos locais contaminados fabrica novas proteínas que se denominam proteínas de estresse e estas estimulam as alergias nas pessoas.

Sintomas da Alergia ao Pólen:

Os sinais e sintomas da alergia ao pólen são familiares para muitos, por exemplo:

  • Rinite: espirros, o mais comum, pode ser acompanhado por uma segregação mucosa ou nariz entupido.
  • Olheiras (círculos escuros sob os olhos causados pelo fluxo sanguíneo reduzido perto dos seios nasais).
  • A "saudação alérgica" (em uma criança, esfregar persistentemente para cima do nariz provoca um aumento que marca o mesmo).
  • Conjuntivite (a inflamação da membrana que reveste as pálpebras, provocando os olhos vermelhos).
  • Asma e outros problemas respiratórios relacionados.
  • Espirros frequentes.
  • Cansaço e apatia.
  • Alterações do sono, geralmente custa para dormir.
  • Dores de cabeça que podem levar a enxaquecas.
  • Quase todos esses sintomas são comuns com os de gripes e resfriados.

Tratamento Para Combater a Alergia ao Pólen:

No momento não existe nenhum tratamento eficaz para a alergia ao pólen, mas o que você pode fazer é reduzir os sintomas com as seguintes dicas que damos.

  • Quando os níveis de polinização são muito elevados, o melhor é evitar sair para o campo e passeios ao ar livre.
  • Aumente a higiene das mãos e do rosto, onde recomendamos que você lave muitas vezes por dia o nariz e os olhos.
  • Tente fazer com que a sua casa esteja úmido com as janelas fechadas.
  • Para eliminar as partículas, o melhor é que você limpe sua casa com aspirador.
  • Use óculos escuros e cubra a boca e o nariz com máscaras.
  • Tente não abaixar as janelas quando está no carro para evitar a entrada de pólen.
  • Para evitar a asma não realize exercícios na época de alta polinização.
  • Evite á automedicação, o melhor é procurar aconselhamento médico.

    NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

    NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

    Confira Mais Sobre Esse Assuto
    • Crianças E Alergia Ao Pólen

      As alergias afetam muitas pessoas inclusive as crianças e pode ser devido a diferentes agentes externos, como, por exemplo, o pólen. Este tipo de alergia ao pól...

    • Alergia Aos Ácaros - Dicas Como Evitar A Alergia Aos Ácaros

      Os ácaros são organismos microscópicos que vivem na poeira e sujeira, que podem causar reações alérgicas que apresentam sintomas semelhantes aos da asma e alerg...

    • Alimentos Para Combater A Alergia Primaveral

      As alergias podem ter diversas causas e durante a primavera costumam ser mais comuns, devido ao clima, sendo chamada de alergia primaveral. A alimentação pode s...

    • Alergia Infantil

      A alergia é definida como uma situação onde a capacidade do corpo está prejudicada, respondendo de uma forma exagerada à uma substância, que outros indivíduos, ...

    • Como Detectar Uma Alergia

      A alergia é uma reação do corpo aos agentes externos, pode afetar pessoas de todas as idades, sexo e raça. Para detectar um tipo de alergia são necessários test...

    • Como Tratar A Alergia Nervosa Na Pele

      As alergias são uma resposta exagerada do nosso sistema imunológico aos agentes externos que estamos expostos ou através da ingestão de alimentos. No caso da al...