Tratamento Para As Alergias Alimentares Em Bebês

Tratamento Para As Alergias Alimentares Em BebêsUm dos desafios mais complicados para os pais é determinar se o bebê tem alergias, como muitos dos seus sintomas são exatamente os mesmos que os de inúmeras doenças comuns na infância, muitas vezes confundem os pais, além de ser difícil saber exatamente o que causou a alergia ao bebê e qual o tratamento pode ser seguido.

Os seguintes alimentos podem causar reações alérgicas, tais como leite, seus derivados, iogurte, soja, amendoim, ovos, milho, frutos do mar, alimentos em geral que contenham glúten.

Os sintomas de alergia em crianças e lactentes pode ser variável, de um nariz escorrendo e olhos lacrimejantes, a reações graves, tais como dificuldade em respirar, inchaço da boca e da garganta, baixa pressão arterial e até mesmo a morte.

Tratamento para as Alergias Alimentares em Bebês

Vale ressaltar que os sintomas mais comuns de alergia alimentar são: choro, coriza constante, noites sem dormir, urticária e coceira, inchaço da face e extremidades, dificuldade para respirar, tosse, sibilos (chiados no peito, conhecidos popularmente como miado de gato), diarreia, dor de estômago, regurgitação constante, gases e até mesmo perda de consciência em casos extremos.

Leia também: "Fórmula Infantil não Previne Alergias".

Tratamento de Alergias Alimentares em Bebês

Se seu bebê está tendo sintomas menores, possíveis indicadores de alergia, é importante mudar os hábitos alimentares do seu bebê e ter cuidado ao escolher a comida que você oferece para o seu bebê e evitar aqueles que podem causar alergia.

A amamentação é uma forma de evitar alergias, mas lembre-se tudo que você comer vai passar para o leite afinal, você é o que o que você come, é transmite tudo através do leite para o bebê, então fale com o seu médico sobre o que você deve e não deve comer.

Se a sua família é propensa a alergias, você vai querer deixar para trás a introdução de alimentos sólidos, incluindo cereais, até que o bebê complete seis meses de idade. Quando você começar, introduza apenas um alimento de cada vez e não comece outro, enquanto isso você espera um pouco para que reaja no corpo do bebê o primeiro alimento.

Alguns medicamentos de venda livre, como gotas nasais ou gás, descongestionantes nasais e soluções para limpeza dos olhos, fornecem um alívio para o bebê, embora alguns testes sejam necessários, como na pele ou teste RAST (radioalergoasorbencia). Este é um exame de sangue para verificar se os anticorpos específicos estão correndo no corpo e determinar quais alergias alimentares o bebê pode vir a ter.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto
  • Bebês E Alergias Alimentares

    As alergias alimentares são mais comuns na infância, durante os primeiros anos de vida, quando a criança é confrontada pela primeira vez com os alimentos potenc...

  • Remédios Caseiros Para Alergias Alimentares

    Em diversas ocasiões já falamos sobre os remédios caseiros e naturais como alternativas para o tratamento de diferentes doenças e condições de saúde. Nesta ocas...

  • Alergia Alimentar

    As alergias são uma reação do sistema imunológico a determinadas substâncias que, na ausência desta sensibilidade "especial", são inofensivas. Estas reações pod...

  • Alimentos Para Combater A Alergia Primaveral

    As alergias podem ter diversas causas e durante a primavera costumam ser mais comuns, devido ao clima, sendo chamada de alergia primaveral. A alimentação pode s...

  • As Alergias Mais Comuns

    As alergias são processos inflamatórios que se manifestam quando algum elemento do ambiente externo causa uma irritação, inflamação em nosso organismo. Existem ...

  • Alergias: Tipos E Sintomas

    A alergia é uma condição de saúde muito comum e que afeta adultos e crianças, causando grandes desconfortos e podendo ocorrer de forma mais grave dependendo do ...