Nos membros inferiores temos três sistemas venosos: o superficial, formado por duas grandes veias, a safena interna e a externa e seus ramos; o sistema profundo, formado por veias que vão entre os músculos e que acompanha a artéria; e o perfurante, que se comunica com os outros dois.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As varizes ocorrem quando as válvulas que estão ao longo das veias, encarregadas de facilitar o fluxo sanguíneo em um único, deixam de funcionar bem, causando um refluxo de sangue que amplia e distorce as paredes da veia.

De acordo com estudos, 80% das doenças varicosas se dão no primeiro e, quando não se tratam, em longo prazo, produzem insuficiência do sistema venoso perfurante e posteriormente também comprometem o profundo.

O Que São Varizes?

É fácil reconhecê-las no sistema superficial, são como cordões de maior ou menor espessura que são vistos e palpáveis sob a pele.

Uma veia varicosa deve ser tratada não apenas por razões estéticas ou para aliviar os sintomas (pernas pesadas, formigamento, inchaço, câimbras), mas também porque compromete outras veias com a carga de trabalho.

As causas que provocam o aparecimento de varizes são: obesidade, sedentarismo, permanecer muitas horas em pé ou sentado com as pernas cruzadas, roupas apertadas, saltos altos, levantar pesos na academia, prisão de ventre, gravidez, exposição ao sol e fontes de calor, traumatismos, contraceptivos, fatores hereditários.

No que diz respeito ao tratamento, corresponde ao médico angiologista realizar um diagnóstico presuntivo na consulta e outro de certeza, de maior precisão, por meio de ultrassom com Doppler colorido (um estudo não-invasivo, que fornece a imagem do estado circulatório da árvore venosa).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As complicações das varizes não tratadas são:

Flebite, que é a inflamação das paredes da veia, trombose, formação de coágulos sanguíneos que podem migrar para o pulmão, o que implica uma emergência com compromisso de vida.

Leia também: "Flebite: Sintomas e Tratamentos".

E trombose venosa profunda, que é um coágulo que vai desde o sistema venoso superficial para o profundo.

Portanto, não deixe passar, quando já detectou algumas anomalias.

Algumas dicas anti-varizes:

  • Evite qualquer compressão local nas pernas (cintos, roupas) e sapatos muito altos, apesar de bonitos sabemos que não ficam, pelo menos, reduza o seu uso. Use sapatos confortáveis ​​com um salto de 4 centímetros.
  • Realize banhos quentes nas pernas (máximo 38°C), seguido por duchas frias, alternando alguns minutos de calor e 20 segundos de frio.
  • Controle o excesso de peso, leve uma alimentação pobre em calorias e rica em frutas e verduras. Mantenha-se hidratado.
  • Elimine ou limite o tabaco, refrigerantes, gorduras e álcool.
  • Evite estar muito tempo em pé sem se mover ou com as pernas cruzadas. Realize caminhadas e exercícios. Prefira as caminhadas diárias, ciclismo e natação do que atividades de alto impacto e as que tenham necessidade de fazer muita força (por exemplo, os pesos).
  • Prefira a ducha ao banho de imersão. Não se exponha a ambientes de alta temperatura.
  • Eleve as pernas ao meio do dia, durante 30 minutos, e durma com os pés ligeiramente levantados (10 a 20 centímetros).
  • Não se submeta a mãos inexperientes. Abundam as ofertas de massagens e tratamentos cosméticos. Recorra primeiro ao angiologista.
  • Sente-se com as pernas elevadas e massageie suave (como se acariciando um bebê) do tornozelo ao joelho. Você pode usar algum óleo essencial proveniente de plantas, com efeito, venotônico (Castanha da Índia; Ginkgo Biloba; Laranja Amarga; Limão; Hamamelinas).
  • Pelo menos nas pernas, prefira a depilação com máquina ou laser do que aquelas feitas com cera quente que envolve calor e golpes ao puxar.
  • Use meias de descanso.

Esperamos que essas dicas que oferecemos em Saúde Dicas, sejam úteis.