Existem alguns procedimentos que podem ajudar a reduzir o aparecimento de celulite. O tratamento mais popular e eficaz é a massagem terapêutica profunda chamada de endermologia, um procedimento destinado para o tratamento de celulite e para conseguir uma pele mais macia e suave.

A endermologia pode renovar o tom da pele, por isso se torna mais suave e mais flexível. Combinada com o exercício, a endermologia pode ajudar a conseguir uma pele mais jovem, de forma mais rápida.

Além disso, ela também pode reduzir o aparecimento de estrias e oferece bons resultados quando o procedimento é realizado em conjunto com exercícios e uma dieta saudável.

O procedimento estimula a circulação através da pele fazendo com que você sinta a pele macia e suave. Os estudos experimentais sugerem que o tratamento ajuda o corpo a formar o novo colágeno; mas se realizada muitas vezes como um tratamento independente, a endermologia pode ser muito útil para pacientes que sofrem de ondulação da pele após a lipoaspiração.

O tratamento se realiza geralmente uma ou duas vezes por semana, durante sete semanas, em sessões de aproximadamente 35 minutos; consiste em uma massagem profunda e firme, que não é desconfortável para a maioria das pessoas, inclusive pode até ser relaxante.

Endermologia – Riscos e Benefícios da Endermologia

A endermologia é eficaz para reduzir temporariamente a aparência da celulite, mas atualmente este tratamento não tem resultados em longo prazo; e não é uma alternativa para o exercício, mas melhora os efeitos do mesmo e acelera a recuperação muscular após os eventos esportivos.

Entre os riscos ou efeitos colaterais destacamos o aparecimento de pequenos hematomas e dor e, ocasionalmente, as aranhas vasculares se escurecem temporariamente, mas não é um procedimento invasivo.

A endermologia não é recomendada para pessoas que tem 13 quilos ou mais de sobrepeso, já que não é eficaz para elas, igualmente para as pessoas que não se exercitam regularmente, já que apenas encontrarão benefícios limitados.