Nós não somos sempre capazes de agir diante de problemas de saúde ou consequências de uma doença desconhecida. No caso da epilepsia é essencial uma ação rápida, com um bom controle e observando a evolução do ataque.

Quando alguém sofre uma convulsão, geralmente o ataque ocorre de repente e sem aviso prévio. Nesses casos, o afetado geralmente cai no chão e perde o controle do seu corpo completamente. A pessoa perde a consciência, e pode sofrer convulsões graves que muitas vezes podem assustar as pessoas que estão ao seu redor.

Mantenha a Calma e Aja com Rapidez

A primeira coisa que se deve fazer é manter a calma e agir com rapidez. Se a pessoa estiver caída em uma área perigosa ou onde possa bater em alguma coisa, deve-se removê-la e colocá-la em uma área segura para evitar acidentes com as suas próprias crises.

Ao contrário da crença popular, o paciente não vai morder a língua e sufocar-se, de fato, se colocar algo em sua boca faremos com que ele tenha uma maior dificuldade na respiração. O ideal é colocar a pessoa de lado, em posição fetal, se possível, para que assim possa respirar melhor e sossegar-se logo. Não dê água ou qualquer líquido, porque o paciente está inconsciente e incapaz de engolir.

Ataque de Epilepsia – Como Devemos Agir Contra um Ataque de Epilepsia?

Ponha uma camisa ou qualquer peça de vestuário que você tem na mão sobre a cabeça. Não tente imobilizar o paciente e nunca tente levantá-lo do chão. Somente quando as convulsões acabarem definitivamente é que podemos mover e levantar a pessoa lentamente.

As crises geralmente duram pouco tempo, mas algumas pessoas podem sofrer por alguns minutos, assim você deve agir com rapidez e chamar o médico.

Nunca perca a calma e evite que as pessoas leigas que estão por perto tentem tocar o paciente, pois isso só vai dificultar e atrapalhar sua respiração.

Para mais informações, faça também a leitura do artigo “Convulsões | Cuidados a Serem Tomados em Casos de Convulsão“.