Os adoçantes de baixa caloria são realmente seguros para o nosso corpo? Nos últimos anos, muitos especialistas têm levantado esta questão que a Agência Francesa de Segurança Sanitária dos Alimentos (AFSSA) recentemente confirmou a segurança destes produtos para a nossa saúde e bem-estar, quer saber mais sobre os resultados desta pesquisa? Então continue lendo.

A obesidade é um dos problemas mais prementes que se colocam as pessoas em todo o mundo. O número de pessoas que são obesas ou estão com sobrepeso mórbido, aumentou nos últimos anos devido principalmente a uma dieta baseada em gorduras poli-insaturadas, estresse e sedentarismo e a falta de atividade física e exercício diariamente.

Este último ponto leva muitos pacientes a agir rapidamente para prevenir as doenças para as quais o excesso de peso pode ser um fator de risco. Envolve também o uso de alimentos com pouca gordura para reduzir os níveis de calorias em nossos corpos.

Os adoçantes de baixa caloria são um dos muitos produtos que têm ajudado a população a combater as calorias que podem fornecer o açúcar convencional. No entanto, nos últimos anos têm surgido rumores sobre possíveis efeitos secundários prejudiciais que podem ter alguns dos seus vários componentes, como é o caso do aspartame.

Os Adoçantes Com Baixas Calorias São Seguros Para Nossa Saúde?

No entanto, a Agência Francesa de Segurança Sanitária dos Alimentos (AFSSA) reconhece a absoluta segurança dos adoçantes com baixas calorias para todos os pacientes, incluindo mulheres grávidas. Desta forma, devem acabar todos os rumores e medos existentes a respeito.

Algo que por outro lado, também confirmou Huge Prite, Presidente da Associação Internacional dos Edulcorantes (ISA) da França, que garante que todos os alimentos e bebidas ricos em adoçantes com baixas calorias são totalmente seguros para a nossa saúde, além de serem particularmente benéficos para “todas as pessoas que querem reduzir sua ingestão de açúcar e sua ingestão de calorias”.

Além disso, para que todos os setores da população fiquem com mais calma sobre o assunto e assim, poder combater os medos que têm sido gerados em torno dos adoçantes de baixas calorias, a Agência francesa ANSES deve continuar com suas investigações para apagar com toda sombra de dúvida sobre os produtos e, especialmente, para confirmar os estudos científicos que abordam os benefícios desses adoçantes para combater cáries, níveis de açúcar no sangue e obesidade.

No entanto, lembre-se que uma dieta saudável e equilibrada, complementada com um pouco de exercício todos os dias, além de ajudar você a levar uma vida um pouco mais relaxante, são alguns dos fatores que não só nos permitem combater os quilos extras, mas também nos ajudam a alcançar o bem-estar físico e mental.