As drogas corticosteroides, consideradas como verdadeiras salva-vidas em processos alérgicos e inflamatórios, não devem ser aplicadas excessivamente e sem supervisão médica.

Os corticosteroides são muito eficazes, porém tome cuidado, pois um tratamento em longo prazo pode levar a maiores riscos, em vez de benefícios.

Os corticosteroides são hormônios produzidos nas glândulas suprarrenais. São benéficos nos mecanismos fisiológicos. Especificamente aplicados como inflamatórios. Estas drogas são eficazes no combate à muitas doenças que são causadas pelo sistema imunitário. Ele também permite controlar a inflamação em processos alérgicos.

Sua aplicação envolve uma alteração no metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídios. Ele mantém o equilíbrio de líquidos e eletrólitos, além da preservação da função normal do sistema cardiovascular e imunitário, renal, músculo esquelético e sistemas endócrino e nervoso.

Leia também: “Riscos de Tomar Antidepressivos“.

Embora seja um benefício para o corpo em geral, devem ser administradas somente sob supervisão médica. A razão pela qual devem ser acompanhados de perto por especialistas é porque os corticosteroides também têm efeitos colaterais que podem comprometer a saúde do paciente. Isto pode acontecer especialmente no tratamento prolongado ou com doses elevadas e em relação à saúde e a nutrição do paciente.

Corticosteroides: Riscos e Benefícios dos Corticosteroides

Os efeitos adversos podem ocorrer com doses superiores a 10 mg de prednisona ou equivalente após um mês de aplicação. Alguns dos efeitos nocivos dos corticosteroides são:

  • Produzir diabetes, aumentando os níveis de glicose no sangue.
  • O aumento da pressão arterial já que retêm sódio e água.
  • Produzir osteoporose e afinamento da pele.
  • Produzir uma queda nas defesas do estômago, que pode causar úlceras e gastrites.
  • Mudanças de humor.
  • Provocar catarata ou glaucoma.
  • Efeitos estéticos (estrias, acne, pelos abundantes nos braços e pernas, hematomas na pele).