A horta orgânica em casa é uma excelente opção para aqueles que estão planejando uma vida mais natural e saudável.

É verdade que a tarefa de realizar o cultivo, os cuidados e a manutenção dos vegetais requer tempo e espaço, mas se você pensar sobre outra perspectiva, se tem muito a ganhar: para começar, a certeza de que os nossos alimentos estarão isentos de agroquímicos; segundo, colaboramos com a preservação ecológica do solo; terceiro, o trabalho com o solo e as plantas é uma extraordinária terapia anti-estresse, que nos conecta com nós mesmos e com o meio ambiente.

Como Planejar os Cultivos

O segredo para estocar todo o ano os nossos próprios vegetais é planejar a variedade e combinação das plantas que vamos cultivar.

O planejamento nos garante o equilíbrio nutricional básico que o corpo necessita, ou seja, os minerais e as vitaminas que fazem uma boa nutrição.

  • Uma maneira de organizar a horta e aproveitar o espaço disponível é combinar os vegetais de acordo com a forma como eles crescem. Por exemplo, o alho-poró cresce verticalmente enquanto a alface se estende horizontalmente.
  • Outra possibilidade é associar de acordo com a velocidade em que crescem os legumes: o rabanete que cresce rápido se cultiva junto à cenoura, que demora mais tempo para dar os seus frutos.
    Alimentos Naturais: Dieta Orgânica com a sua Horta em Casa
  • O fato de que os vegetais folhosos, como rabanetes, se nutrem das camadas mais superficiais da terra, onde se encontra o nitrogênio; enquanto que outras plantas de raízes profundas alcançam minerais como o potássio, é outra maneira de organizar o cultivo.
  • Algumas plantas possuem repelentes para pragas incorporados; outras servem de alojamento para insetos que beneficiam o correto crescimento dos vegetais. Neste sentido, se associam idealmente a cebola com a cenoura, o tomate com o manjericão, o repolho com a beterraba.

Como Projetar a Horta Orgânica

Além da “associação” de vegetais e do adubo orgânico, o ideal para um rendimento eficaz é:

  • Sol: a horta deve receber adequadamente o sol, de modo que o melhor é que seja para o norte.
  • Irrigação: organize-a próxima a uma fonte de água.
  • Proteção: use uma cerca que impeça a passagem de animais.
  • Canteiros: com cinco canteiros de 1,20m de comprimento é possível alimenta um grupo de quatro pessoas.

Como se cultiva

Uma vez preparado o terreno e planejado o cultivo da horta, o próximo passo será conseguir as sementes. Podemos comprá-las em viveiros ou em outras hortas orgânicas para garantir que as sementes estejam o mais livre possível dos transgênicos. Devemos levar em conta que algumas sementes podem ser cultivadas diretamente no solo, enquanto que outras precisam de mudas.

Para plantar espécies sensíveis, tais como tomate, couve-flor, alface ou pimentão, é preciso caixas de madeira cheias de terra adubada que devem ser colocadas em cima de tijolos para conservar o calor.

Além disso, é requisito buscar um local protegido do gelo e com entrada de luz. Ali devem permanecer as plantas até que o tronco adquira o diâmetro necessário para o transporte para o solo.

Por último, recomendamos visitar a página do INTA: Pro-Huerta, especificando que variedades cultivar em cada época do ano, assim como oferece detalhes verdadeiramente úteis e muito simples e acessíveis sobre o desenvolvimento de uma horta caseira.