A histamina é uma substância química que pode ser encontrada em muitos alimentos. O consumo de peixes mal conservados e mal refrigerados pode provocar significativas intoxicações. Aprenda a evitá-las!

O que é a Histamina?

É uma substância presente de maneira natural em nosso organismo, e desempenha funções muito importantes. É formada a partir da histidina, que é um dos aminoácidos que forma as proteínas, pela ação de uma enzima chamada histidina descarboxilase. Alguns tipos de peixe contêm de forma natural altos níveis de histidina, e as bactérias presentes nos peixes também produzem a enzima histidina descarboxilase.

Por isso que quando o peixe não é refrigerado de maneira adequada ou se quebra a cadeia de frio, as bactérias que existem nos peixes se multiplicam e produzem muita histamina a partir da histidina presente nos tecidos do peixe. Nos peixes que não são conservados adequadamente, a concentração de histamina aumenta rapidamente, alcançando concentrações tóxicas em 12 horas.

Quais são os Sintomas de uma Intoxicação por Histamina

Os sintomas da intoxicação por histamina costumam começar dentro de 5 a 30 minutos depois do consumo de peixe contaminado.

Entre os sintomas se incluem:

Tudo o que Você Deve Saber Sobre a Intoxicação por Histamina do Atum Fresco

  • Vermelhidão do rosto e do corpo.
  • Inchaço do rosto e da língua.
  • Náuseas.
  • Ardência na boca.
  • Dor de cabeça.
  • Cólicas abdominais.
  • Diarreia.
  • Problemas respiratórios.

O grau de sintomas pode ser bastante variável e dependerá de fatores como:

  • As diferenças individuais na sensibilidade ou no metabolismo da histamina.
  • A quantidade de peixe contaminado consumida.
  • A quantidade de histamina na porção consumida (nem todas as partes do peixe têm a mesma quantidade).
  • Se o peixe foi consumido junto com outros alimentos.

Qual é o Tratamento Para uma Intoxicação por Histamina?

O tratamento para a toxicidade de histamina depende da gravidade dos sintomas. Em casos leves, os sintomas tendem a desaparecer em pouco tempo sem medicação. Às vezes pode ser necessário o uso de anti-histamínicos. Em casos graves, pode ser necessário o tratamento hospitalar.

Leia também: “Intoxicação: O Que É, Causas, Sintomas e Recomendações“.

É Possível Saber se um Peixe Pode estar Contaminado pela Histamina?

Não, não há nenhum sinal externo que indique. Os peixes afetados:

  • Não têm uma aparência diferente.
  • Não têm um cheiro diferente.
  • Não têm um sabor diferente. Apenas em algumas ocasiões, os peixes com maiores concentrações de histamina podem ter um sabor picante.

Como é Possível Evitar a Intoxicação por Histamina?

O peixe deve esfriar imediatamente após ter sido capturado. A refrigeração e o transporte adequados previnem a intoxicação por histamina:

  • A temperatura interna do peixe depois da captura deve ser mantida acima de 10°C.
  • A temperatura de armazenamento deve ser inferior a 4,4°C durante todo o processo de manipulação.

Costuma ser mais frequente nos peixes como atum, bonito, cavala, sardinha e arenque. Em geral, os peixes azuis são mais propensos a desenvolver níveis elevados de histamina do que as espécies de peixes brancos.

Não se limita ao peixe fresco e/ou congelado. Pode estar presente em produtos de peixe enlatados e defumados.