Às dietas hiperproteicas para redução da gordura corporal e aumento da massa muscular são amplamente utilizadas pelas pessoas que praticam esportes, fisiculturistas e praticantes de fitness, já que é um método excepcional para eliminar o excesso de adiposidade.

As dietas hiperproteicas baseiam-se na redução da ingestão de carboidratos até um mínimo de 40-60 gramas por dia e um aumento do consumo de proteínas e gorduras. As proteínas devem ser de alto valor biológico, por isso uma mínima redução em carboidratos obriga o organismo a utilizar as reservas energéticas de gordura, sem modificar a massa muscular.

A energia o corpo obtém degradando os ácidos graxos e utilizando os corpos cetônicos, ao quais por sua vez estimulam a redução do apetite. A cetose se mantém em um nível saudável, porque os corpos cetônicos estimulam a secreção de insulina, o que retarda a Cetose. É assim que a insulina também fica controlada e em níveis basais favorecendo o consumo de lipídios.

Ao aumentar a ingestão de proteína aumenta-se o anabolismo proteico, protege o músculo e aumenta o gasto de energia na forma de calor, já que as proteínas têm uma ação dinâmica mais elevada do que os carboidratos e as gorduras.

Dieta Hiperproteica Para Ganhar Massa Muscular

Leia também: “Dicas Para Aumentar a Massa Muscular“.

A dieta hiperproteica permite que o corpo possa continuar ganhando massa muscular e baixa quantidade de gordura e, embora na dieta os lipídios sejam um pouco elevados os níveis de colesterol e lipoproteínas se mantém estáveis ou baixam.

a substituição de carboidratos é variável e depende da atividade física que se realiza, por isso um atleta que realiza uma atividade física diária pode levar uma dieta hiperproteica, mas com o mínimo de carboidratos.

Cabe destacar que este tipo de dieta tem que ser feita sob a supervisão de um especialista e descartar qualquer problema de saúde ou incompatibilidade com o plano de alimentação antes de começar. Também é importante notar que as dietas ricas em proteínas por si só não aumentam a massa muscular, para conseguir o crescimento muscular é fundamental ter um treinamento regular e seguir uma alimentação equilibrada.