Figo Seco: Fonte De Nutrição E Prazer, Conheça Os Benefícios

Um dos muitos fatores que levaram à evolução dos seres humanos foi a curiosidade que este tinha por conhecer e experimentar os distintos frutos que as árvores ofereciam. Alguns eram realmente tóxicos e assim aprenderam, no entanto, existiam outros frutos benéficos para a saúde, frutos que forneciam mais energia ou que aliviavam alguma doença. Entre essas frutas se encontravam os figos, uma delícia que logo os seres humanos aprenderam a apreciar, mas que quando secavam, duravam mais tempo, mantinham suas propriedades. O figo seco, fonte de nutrição e prazer, nasce com a ideia de responder a estas e outras perguntas sobre um fruto delicioso, saudável e nutritivo.

É chamado de figo o fruto obtido a partir da planta Ficus carica, mais conhecida como figueira. Embora todos o conhecemos como uma fruta, botanicamente deveríamos chamá-lo de conjunto de frutas. Existem diferentes tipos de figueiras que produzem mais de 750 espécies diferentes de figos, algumas comestíveis e outras não.

Acredita-se que o figo é nativo da Ásia ocidental, mas rapidamente se espalhou por toda a bacia do Mediterrâneo. Tem-se constância pelos vestígios arqueológicos que os seres humanos já colhiam figos no ano 9.000 A.C.

Figo Seco: Fonte de Nutrição e Prazer, Conheça os Benefícios

Os figos têm uma forma característica de pera, costumam medir cerca de 6 centímetros de comprimento e 5 centímetros de largura. São frutos de estação sendo os meses de colheita agosto e setembro.

Existem figueiras que são capazes de produzir duas colheitas por ano, em vez de uma que é o habitual, estas figueiras são chamadas breveras ou bíferas. A colheita de junho são brevas e a do final de agosto e setembro, figos.

Leia também: "Figo: Benefícios, Remédios Caseiros e Receitas Saudáveis".

Figos Frescos ou Secos

Os figos são um desses frutos cujo sabor é claramente reconhecível. Os países mediterrâneos têm o clima propício para o seu crescimento, a umidade necessária e a temperatura ideal para que os seus frutos se desenvolvam sem problemas. Mas no Brasil existem plantações de figo.

Mas em lugares nos quais o clima não é adequado para o seu cultivo, o habitual é o encontrarmos em sua forma seca. Vejamos a diferença.

Benefícios dos Figos Frescos e Figos Secos

Os figos frescos, como qualquer alimento fresco, a eficácia dos distintos nutrientes que se apresentam no fruto fresco não se apresentam em sua variante seca. Suas vitaminas e nutrientes permanecem intactos no fruto fresco, sem contar com a textura e o sabor que fornecem os figos frescos contra os secos. A concentração de açúcares é maior no figo fresco, o que faz com que estes tenham um sabor mais intenso e doce.

Mas como fruto fresco, apenas permanecerá em boas condições, ou seja, mantendo suas propriedades durante 2 ou 3 dias, passado este tempo começará a estragar.

Os figos frescos estão compostos praticamente em sua totalidade de água entre 70% e 80%, até 19% são carboidratos, como sacarose, glicose e frutose, hidratos que fornecem esse sabor adocicado tão característico.

Os figos frescos são ricos em potássio, magnésio, cálcio, fósforo, assim como em vitamina C. Entre suas propriedades está seu efeito antioxidante.

Para a pastelaria, é possível trabalhar tanto com os figos frescos como secos, talvez seja mais fácil trabalhar com figos frescos, mas os resultados são fantásticos em ambos os casos.

Leia também: "Receita Saudável de Salada de Figos e Queijo de Cabra".

Os figos secos têm a vantagem de que podem ser comprados em qualquer época do ano, sem necessidade de esperar a época da colheita. Os figos secos possuem uma textura muito característica e um sabor doce que o torna irresistível.

Para as pessoas que têm problemas de digestão os figos secos são muito mais fáceis de digerir, são muito mais naturais do que outros tipos de frutos secos, já que estes não precisam de açúcares adicionados e sua conservação é simples.

São frutos secos que podem aguentar armazenados durantes longos períodos de tempo, sem que estes frutos sofram nenhum tipo de transformação e permaneçam em perfeitas condições para o seu consumo.

Os figos secos fornecem potássio, magnésio, fósforo, cálcio, iodo, zinco e sódio. Ricos em vitamina A, C, D e E. Todas estas contribuições, tanto de vitaminas como de minerais, proporcionará benefícios para a saúde, tais como melhorar a função muscular, aumento dos glóbulos vermelhos do sangue, melhora o sistema imunológico, benéfico para os ossos, benéfico para a visão e o sistema nervoso.

Coração e Ossos: Como comentamos anteriormente, o figo seco é um alimento altamente nutritivo e saudável. Por sua contribuição em cálcio é um alimento fundamental para manter em bom estado a nossa estrutura óssea, mas também é um alimento que nos ajudará se a nossa pressão arterial está elevada.

Os figos contêm quantidades significativas de fibras solúveis que são facilmente absorvidas pelo corpo. A mais importante é a pectina, que contribui para a eliminação do chamado colesterol ruim.

Seu consumo deve ser moderado, já que os benefícios que fornecem suas vitaminas e minerais, são neutralizados pelo teor de açúcares que é muito elevado. Um grande erro seria eliminá-lo da nossa dieta por seu alto teor de açúcares, o melhor será consumi-los com moderação.

Sua contribuição em cálcio e magnésio, necessários nas diferentes etapas da vida como na infância e na terceira idade, será um remineralizante natural. Se consumimos 3 figos secos e os combinamos com nozes ou amêndoas, conseguiremos também um fornecimento de energia extra, a ajuda necessária para a regeneração dos nossos ossos.

Apesar de conter açúcares naturais, um recente estudo demonstrou que as pessoas que consomem figos regularmente tendem a ter níveis de açúcar mais controlados.

Para as pessoas que sofrem de hipertensão, o fornecimento de potássio do figo seco, servirá para regular e reduzir a pressão alta, simplesmente adicionando 2 figos no café da manhã junto com os cereais, será suficiente para perceber seus benefícios.

Garganta: Os figos também podem ajudar com os terríveis incômodos que ocasiona uma dor de garganta ou uma tosse incontrolável.

Xarope de Figos: Para acalmar esses incômodos, o melhor será obter dos figos um xarope natural. Uma receita simples e muito eficaz é triturar alguns figos secos e fervê-los em água junto com mel e limão. As vitaminas dos figos secos rapidamente atuarão sobre estes incômodos, aliviando-os quase de imediato.

Laxante: Para as pessoas cuja dieta seja pobre em fibra e vegetais, o figo seco pode atuar como um poderoso laxante. Entre as propriedades do magnésio, é atribuído um efeito de estímulo intestinal, de modo que ajudará o movimento intestinal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto