Noni é uma fruta nativa da Polinésia que, através do seu suco, fornece benefícios para reduzir os lipídios do sangue. A fruta de Noni possui dentro da sua composição química princípios ativos importantes para manter saudável o sistema cardiovascular, reduzindo, assim, os fatores de risco, como a dislipidemia.

Embora o noni possua muitas propriedades medicinais, carece de um sabor agradável, o que torna difícil o seu consumo na forma inteira e crua. Por isso, se conseguiu obter seu suco para poder se beneficiar com todas as suas propriedades, por exemplo, para tratar a dislipidemia, com um sabor agradável.

Existem diversas empresas que comercializam o suco de noni, mas é necessário levar em conta certas características que o convertem em um suco natural e com todas as suas virtudes nutricionais.

Características do suco de noni para reduzir os lipídios do sangue:

  • O suco deve ser 100% natural.
  • Em alguns casos, o suco de noni se encontra misturado com suco de uva ou mirtilos para aumentar sua ação antioxidante e para melhorar o sabor.
  • Sem conservantes, nem aditivos, já que estes interferem com as propriedades do noni.
  • O suco de noni pode ser fresco espremido ou prensado: no qual a fruta noni se encontra madura e se espreme para obter seu suco.
    Suco de Noni Para Dislipidemia
  • O suco de noni pode ser fermentado: neste processo, se separa a polpa e a fermenta de forma natural entre 2-6 meses. Caracteriza-se por ser de sabor mais amargo.
  • O suco deve ser pasteurizado, para evitar a proliferação de bactérias.

Diante da possibilidade de adquirir o suco de noni para tratar a dislipidemia, é importante ler bem o rótulo, no qual detalhe tanto a composição nutricional, como as características próprias do produto.

Lembre-se que o suco de noni não substitui o tratamento para dislipidemia, este pode agir como complemento dentro de uma dieta e medicação adequada para tratar essa condição.

Para conhecer mais sobre essa fruta tão peculiar, leia o artigo: “Propriedades Nutricionais e Terapêuticas do Noni“.