Certamente muitos de nós já tivemos que organizar uma noite com os amigos e preparar o jantar. Bem, hoje você está com sorte porque queremos que você aprenda a cozinhar esta típica receita da gastronomia árabe conhecida como hummus. Embora pareça um simples purê de grão de bico, a verdade é que o hummus receita árabe envolve mais dificuldades do que pensamos, mas isso vamos deixar para mais tarde. Em última instância, nós queremos que você aprenda hoje o que é o hummus, as propriedades do hummus e os benefícios do hummus para que se surpreenda com todos eles.

O Que é Hummus?

Em primeiro lugar, vejamos o que é o hummus. Procedente da culinária árabe e muito conhecido em todo o Oriente Médio e com uma origem etimológica na mesma linha (hummus significa grão de bico, em árabe), o hummus é um creme de grão de bico que inclui distintos ingredientes, como suco de limão, tahine e azeite de oliva.

Muitas das variantes locais desta receita incluem outros ingredientes como alho, que lhe dá um toque picante, ou o pimentão como apresentação do prato. Embora comumente este prato seja conhecido como “hummus”, na verdade, o nome original desta receita é hummus bi tahine ou grão de bico e pasta de gergelim.

Propriedades e Benefícios do Hummus

A evolução do hummus até o prato que conhecemos na atualidade tem se transformado completamente. A origem do hummus data no antigo Egito, onde se servia o hummus em pequenos pedaços de pão.

Propriedades do Hummus

Entre as propriedades do hummus, descobrimos que têm uma grande contribuição em proteínas que, também, nos ajudam a manter o nosso estômago cheio e regula o açúcar no sangue. Por esta razão, muitos atletas têm dietas ricas neste prato, já que o organismo é capaz de absorver de forma rápida e com qualidade esses nutrientes. No caso de você seguir uma dieta similar a esta, recomendamos que substitua o pão de pita por outros alimentos mais saudáveis para o nosso organismo, como a cenoura e o aipo.

Nesta linha, o hummus fornece muitos minerais, como pode ser o ferro, o cálcio e o magnésio, entre outros, que nos permitem recuperar o estado de certos órgãos e músculos. Estes minerais nos ajudam a gerir o estresse, o nervosismo ou inclusive o sono. Além disso, devido às propriedades diuréticas do hummus, costuma-se incluir este prato em muitas dietas de hipertensão ou eliminação de ácido úrico. Por outro lado, durante a gravidez também é aconselhável consumir este prato para evitar que se produzam deformações no feto. E, por último, neste ponto, o fornecimento de ferro nos permite acumular mais energia.

Não tem um índice elevado de gordura, embora os níveis de ácidos graxos essenciais cumpram os valores requeridos para que o organismo funcione corretamente. Para não mencionar o conteúdo de ômega-3, que ajuda na prevenção de doenças do tipo cardiovascular.

Além disso, como ocorre com a maioria das leguminosas, o hummus contém níveis de carboidratos saudáveis e fibra muito elevados, que nos permitem acumular mais energia e manter esse estado ativo durante mais tempo. Os níveis de fibra nos permitem limpar de agentes infecciosos o nosso organismo, por isso é uma opção muito saudável no momento de prevenir doenças, como pode ser o câncer.

E por último, o grão de bico têm propriedades antioxidantes, junto com alho, atua como se fosse um antibiótico natural.

Leia também: “Benefícios do Hummus Para as Mulheres“.

Benefícios do Hummus

Agora que já conhecemos as propriedades, vejamos os benefícios do hummus. Entre esses benefícios, descobrimos que o hummus tem poderes antidepressivos provocados pela serotonina, conhecida mais comumente como o hormônio da felicidade. Este hormônio se produz como consequência da adição de azeite de oliva com a páprica, o que produz o aminoácido (triptofen) que por sua vez leva à produção de serotonina.

Por outro lado, aqueles que sofrem problemas constantes com o colesterol deveriam seguir uma dieta rica em hummus já que, graças às proteínas e as fibras, os níveis de colesterol são controlados.

A maneira como se consume o hummus é muito especial e saudável, já que, tal e como acontece na sociedade atual, passamos tudo no pão: manteiga, chocolate, etc. Portanto, é melhor acabar untando com hummus uma fatia de pão, antes de acabar consumindo qualquer produto cheio de açúcares e outros elementos prejudiciais para o nosso organismo.

Receita Árabe de Hummus

Você quer saber como preparar um autêntico hummus de receita árabe? Bem, é tão simples que você não de equipamentos muito dificéis de encontrar, nem ingredientes que apenas são encontrados nos países árabes. Apenas precisamos de grão de bico (podem ser de pote ou cozidos previamente), um pouco de azeite de oliva, tahine (que são as sementes de gergelim que podem ser encontradas em qualquer supermercado), alho, suco de limão, cominho e sal.

Teremos que adicionar todos os ingredientes em um liquidificador para misturá-los e ir adicionando água, de acordo com a textura que procuramos. Se queremos uma preparação mais espessa, o melhor seria não adicionar quase nada de água; enquanto que, se buscamos uma preparação mais do tipo creme, devemos adicionar um pouco de água. Além disso, dependendo do ponto picante que queremos dar, devemos adicionar mais ou menos alho. Uma dica para este prato é não fazê-lo com o alho cru. Antes de introduzi-lo no picador, devemos retirar a parte que se encontra no interior do dente de alho, já que essa é a parte que faz com que o sabor se torne picante constantemente. E quando vamos servir, não devemos esquecer o toque de colorau para dar-lhe um sabor muito mais característico.

A receita atual mais utilizada no mundo vegano substitui o pão por outros alimentos, como o aipo e a cenoura. Não é que um prato seja melhor ou pior, mas que o seu sabor é muito diferente. Talvez para uma refeição em casa com convidados a melhor forma de agradar a todos seja adicionando todas as possibilidades, você não acha?